Dicas de Restaurantes em São Petersburgo – Terrassa

São Petersburgo é sensacional em todos os sentidos, uma cidade recheada de cultura, história, restaurantes incríveis, paisagens deslumbrantes e muito, muito luxo.

Com a proximidade da próxima Copa do Mundo na Russia, algumas amigas irão acompanhar os maridos nas viagens e tenho recebido perguntas sobre o que fazer em São Petersburgo. A resposta é simples: fique tranquila, São Petersburgo tem muitas coisas incríveis para fazer!

Para retomar as dicas da Russia, resolvi preparar uma lista com alguns restaurantes legais em São Petersburgo. Já aviso que mesmo tratando-se de um país super difícil de se comunicar, quando o assunto é restaurante bacana em St Petersburgo não tem erro, afinal a quantidade de restaurantes bacanas e é imensa!

A lista dos Restaurantes está lá no final do post! 

Outro ponto que merece destaque é que São Petersburgo é uma cidade extremamente segura, pelo menos na região que estávamos hospedados. Eu sempre priorizo andar a pé aos taxis e poder sair para jantar caminhando sem nos sentir inseguros, é uma coisa que me faz muito feliz…

A noite na cidade:

Estivemos em Saint Petersburg em setembro e a temperatura já era bem baixa para nossos padrões. Recomendo mesmo no verão levar roupas quentes. 

Próximo ao nosso hotel localizava-se a Catedral de São Isaac, a maior Catedral Ortodoxa de São Petersburgo. Dizem que em sua cúpula há mais de 100kg de ouro puro e estes e outros detalhes contarei em outro post, pois nós pudemos subir na cúpula de mais de 100 metros de altura e fotografamos a cidade Russa em ângulos incríveis.

A Catedral de São Isaac não possui a tradicional arquitetura das igrejas russas, ela está muito mais para as igrejas neoclássicas da Europa Ocidental.

Rio Moika, afluente do Rio Neva

E vamos falar sobre os restaurantes! Encontrar onde comer em São Petersburgo é tarefa fácil, mesmo tratando-se de uma língua impossível de se decifrar qualquer palavra.

O número 1 em nossa lista de Restaurantes em São Petersburgo é o Terrassa.

O Terrassa é um restaurante que fica num rooftop (amo!) incrível, com uma das vistas mais lindas da cidade, bem agitado e com excelentes opções no menu e na carta de vinho.

A entrada do Terrassa é por uma espécie de Charcutaria toda moderna, bem legal.

Ao entrar no Terrassa a área externa já nos chamou a atenção e não tivemos dúvidas, mesmo tratando-se de uma noite gelada, optamos por sentar na varanda. Mas isso não é um problema, a área é climatizada e eles fornecem mantinhas, o que deixa tudo muito confortável.
Ao fundo a Catedral de Nossa Senhora de CazãO vinho “da casa”…Em todos os restaurantes mais bacanas haviam sempre pastas, risotos e sushis! É muito comum ter o peixe cru em restaurantes que também servem massas. Ah, vale experimentar o famoso caviar, sempre presente nas entradas. 

…ah, os doces…

Os russos comem muito bem…

Saindo do Restaurante fomos para uma rua de baladas que há pertinho do restaurante, bem divertidas e loucas.

Look: Vestido Urban Outfitters, Casaco Zara, Bolsa Chanel

Lista de Restaurantes em São Petersburgo:

  1. Terrassa: para jantar, sente na sacada, comida internacional.
    Faça reserva através do concierge do seu hotel.
    Site: en.ginza.ru/spb/restaurant/terrassa
  2. Volga-Volga: restaurante para jantar no fim de tarde, pois o por do sol no rio Neva é muito maravilhoso! O barco faz um tour super bacana e sofisticado pelo Neva.
    Faça reserva através do concierge do hotel.
    Site: en.ginza.ru/spb/restaurant/Volga-Volga
  3. The Idiot: restaurante para almoçar num ambiente russo das antigas! The Idiot foi o restaurante mais russo que nós fomos. Parece uma casa de família, com decoração típica e uma referência à obra de Dostoiévski.
    Restaurante simples, para almoço.
    Site: idiot-spb.com/eng    
  4. Schast’ye: restaurante super especial com decoração linda e vista na frente da Igreja de São Isaac, recomendamos.
    Site: schastye.com/we

Além destes restaurantes, caso você queira mais opções, acesse o site Ginza, que há uma série de opções em algumas cidades da Russia e ainda, já dá para fazer a reserva e conferir os menus e valores!
Site Ginza: en.ginza.ru/spb

Espero que tenha gostado do post e das fotos e caso queira mais Dicas sobre a Russia e  São Petersburgo clique aqui!

bj bj

Rê Nunes

Gondola em Veneza – um delicioso clichê

veneza gondola dicas

Olá gente!

Como pensar em Veneza e não pensar em Gôndolas?!

Vocês sabem que eu levanto super a bandeira de fazer sim passeios de turistas em cidades turísticas. Sei que tem gente que quer ser hype ou cool e critica este tipo de prática, entretanto, eu levanto a seguinte bandeira: tem que fazer de tudo que dá vontade, sem julgamentos e que clichês são sensacionais.

Eu estou contando isso, pois tenho uma super amiga que está de viagem marcada para Veneza com o amor da vida dela e perguntou-me se é cafona andar de gôndola! Meeeeuuuu, que cafona o que?! E mesmo que fosse, se você tem vontade: vá e faça! Esta vida é muito maravilhosa para nos preocuparmos com o que é ou não cafona, com o que os outros vão falar, se é clichê.

E para comprovar que este passeio é bem legal, confira as fotos que fiz durante nosso passeio:

veneza gondola dicas

Os gondoleiros são ícones de Veneza! Eles cantam, usam estas roupas lindas e ainda contam várias histórias da cidade…! 

gondola passeioAs gôndolas são lindas e estão por todos os lados…

gondola em veneza

Um amor chamado: fotografar pessoas que não conheço, por aí…

veneza fotosE as gôndolas são todas decoradas e entalhadas. Reparem nas cadeirinhas…

dicas de venezaOlha que máximo andar entre os hotéis e restaurantes…

veneza ir ou não na gondolaNo final do passeio, um presente do céu…
venice tipsAqui é tipo um estacionamento das gôndolas, mas conseguimos pegá-las em diversos lugares da cidade, não tem segredo.
andar de gongola

Foto do celular, com menos qualidade, mas muito amor…

look venezaLook Veneza: Vestido Zara, Malha Daslu, Broche e Bolsa Chanel e Óculos Ray Ban.

Fotos: Rê Nunes e Tatá Lazzuri.

Sobre o preço do passeio, ok é bem carinho. Uma voltinha, que é suficiente, custa em torno de 80,00 Euros, dependendo da época.

Gostaram das fotos? Concordam que vale a pena?

bj bj bj e uma sexta-feira maravilhosa… vamos viajar!

Rê Nunes

Checkpoint Charlie – o que fazer em Berlim!

checkpoint charlin berlin topo

Olá gente! Já que o trabalho está “puxado”, que tal uma paradinha para viajar por aqui nesta quarta-feira?!

Pois bem, o post de hoje é para um casal que eu adoro e embarcará em breve para a Alemanha, a Luana e o Cadú. O casal de amigos pediram-me dicas sobre o que realmente vale à pena fazer em Berlim, tendo em vista que a cotação do euro está longe de ser das melhores e a situação financeira em nosso país está complicada… Por isso querem evitar gastos desnecessários.

Enfim, problemas à parte, eu já enviei a lista must go em Berlin para o casal e aproveitei o assunto para mostrar um pouco sobre o Checkpoint Charlie aqui no blog.

O Checkpoint Charlie já foi foco de post aqui no blog, clique aqui para conferir, quando falei sobre 10 coisas para fazer em Berlim. 

Para quem ainda não conhecem Berlim, eu recomendo fazer uma imersão no passado e aproveitar para conhecer tudo sobre a história da guerra e muro, que são extremamente interessantes.

Como já contei aqui no blog, a fronteira mais famosa entre as ex Berlim Oriental e Berlim Ocidental, durante a Guerra Fria era o Checkpoint Charlie. Quem assiste a filmes que se passaram nesta época, com certeza já viu o local. Os membros das forças Aliadas não tinham permissão para utilizar outra passagem designada para estrangeiros.

Checkpoint Charlie recebeu este nome dos Aliados e o Charlie, foi escolhido em razão da letra C, pois os postos militares eram nomeados em ordem alfabética, de acordo com o alfabeto fonético da OTAN.

Na Berlim atual, o Checkpoint Charlie foi mantido e tornou-se um símbolo da Guerra Fria, representando a separação do leste e oeste. Conforme mostrarei nas fotos, “Guardas Fardados” passam o dia sendo fotografados com os turistas! É bem legal ver… Ah, eu já estive 2 vezes no museu e me emocionei em ambas, não deixe de visitar.

O Checkpoint Charlie de hoje:

dicas de berlinLook de Viagem: Calça Zara (masculina) | Jaqueta Zara | Tênis Aldo

o que fazer em berlimAdoro estas réplicas…

berlim dicas de viagemEu e Tatá…

checkpoint charlie berlinFoto de turista, eu adoro… desapegue do preconceito, turistar é bom demais.berlin blogDetalhes do asfalto…
berlin tipsNeste prédio localiza-se o museu que falei, mas infelizmente não pudemos tirar fotos…

berlin tip checkpoint clarlieStarbucks em frente
blog berlimE o que eu amo estas lambretas… 
checkpoint charlie berlinPlacas americanas…checkpoint charlieOs soldados, americanizados…_DSC5374 dicas de berlim blogE a mulherada adooora…

estação metro berlimO charme das placas de metro em Berlim…

berlim o que fazerNo atravesse a rua e entre num local que tem partes do muro originais e uma linha cronológica com fotos dos momentos históricos, é sensacional! 

Fotos: Rê Nunes e Tatá Lazzuri.

Como chegar no Checkpoint Charlie?
Friedrichstrasse 43-45 – Kreuzberg, 10969 Berlim.
Como Chegar:
U-Bahn: Linha U6, estação Kochstrasse
Ônibus: Linha M29, parada U Kochstr./Checkpoint Charlie

Valor: A entrada no Museu é paga, mas eu recomendo. Para quem não quiser gastar, vá até lá para ver o ambiente e o local que eu comentei ter a ordem cronológica e os pedaços do muro!

Gostaram do post? Como é bom viajar né? Aliás, viajar, fotografar e anotar.

bj bj bj

Rê Nunes

Dica de Inhotim: De Lama Lâmina

Inhotim escrita

Olá povo, tudo bem por aí?

Aaaamoooo esta semana entre Natal e Ano Novo! A cidade fica super calminha, as responsabilidades parecem que podem esperar e conseguimos curtir quem a gente ama…!

Também amo aproveitar esta semana para planejar o próximo ano e agradecer o ano que passou!

Dentre os meus planos para 2016 está o My Best Wish! Estou cheia de planos e louca para voltar a escrever e estar mais presente aqui! Depois de uma fase que foquei em ganhar dinheiro com o comércio de fitness (óbvio que continuarei a fazer isso também…) pude perceber o quanto o blog me faz falta! Gente, eu amo real dividir com vocês alguns momentos da minha vida, minhas fotografias e coisas que mexem comigo…

Aproveitando o dia mais calmo, resolvi responder um monte de e-mails do blog que estavam atrasados! Eu arquivei vários numa pasta e deixei para responder com calma, podendo devolver o carinho que eu recebo. Ao responder sobre as dicas de viagem, percebi que tem bastante gente que irá para Inhotim durante as férias e achei sensacional! Como já disse e repito, Inhotim é um dos lugares mais maravilhosos que temos em nosso Brasil.

Para ilustrar tudo isso, eu resolvi mostrar e falar um pouco sobre uma obra chamada De Lama Lâmina, criada de 2004 a 2009, de Matthew Barney.

A obra que está localizada no meio de árvores maravilhosas, trata-se de um domo gigante, feito em aço e vidro e em seu interior encontramos um enorme trator florestal:

inhotim brazil

Eu e o Tatá ficamos impressionados com a obra, contexto e grandiosidade…!

A história desta arte é sensacional. Tudo teve início numa performance realizada durante o carnaval de Salvador de 2004, no qual uma mulher defendia uma árvore de ser cortada por outros homens,  cheia de representatividade, como o conflito entre Ogum, orixá de ferro, da guerra e da tecnologia, e Ossanha, orixá das florestas, das plantas e das forças da natureza. O artista Matthew Barney criou esta obra em torno de uma história incrível, que envolve assuntos extremamente atuais, tais quais os conflitos entre respeito à natureza e crescimento tecnológico.

inhotim dicas viagem

Matthew Barney escolheu criar sua instalação numa mata afastada do núcleo do parque e encontrá-la durante o passeio é uma surpresa deliciosa.

Os domos geodésicos de aço e vidro fazem um contraste incrível com a natureza e as árvores do entorno.

Em Inhotim, não se esqueça de perguntar para um dos monitores que ficam na obra, sobre a história da instalação. É extremamente bacana conhecer os detalhes de cada obra.

inhotim obrasEsta é uma das minhas favoritas…

dicas de viagem brasil

osklen look

Look: Shorts Zara | Regata e Tênis Osklen | Óculos Ray Ban 

Gostaram do Post? Visitar Inhotim é necessário e eu já estou morrendo de vontade de voltar…

Mais sobre Inhotim e dicas para não errar no passeio, clique aqui!

* Todas as fotos do post ou foram feitas por mim, ou pelo Tatá!

bj bj bj

Rê Nunes

 

Dica de Restaurante em Veneza!

Olá, tudo bem?

A Marcela, amiga de longa data, vai casar na Toscana e depois vai aproveitar para rodar a Itália…! Ai que sorte da Má, que vai rodar o meu país favorito no planeta!

Pois bem, para ajudar a Má, eu fiz uma lista de lugares tem que ir na Itália e aproveitei o gancho para preparar alguns posts e já deixá-la de água na boca, em todos os sentidos!

O post de hoje é dedicado a uma dica de restaurante imperdível em Veneza, mas que vocês irão me matar, pois vocês acreditam que eu, uma pessoa que se diz blogueira de viagem, esqueceu de anotar o nome do tal restaurante!?

Justificando a grande falha, eu resolvi postar fotos do local onde fica o restaurante e não vai ter erro para encontrá-lo! O restaurante localiza-se às margens do Grand Canal, do outro lado do Istituto Veneto di Scienze, Lettere ed Arti e a vista é sensacional. Vamos às fotos:

O look escolhido: Vestido Zara • Bolsa Chanel • Óculos Ray Ban na Curtindo Óculos • Broche e Bolsa Chanel
Tomar um bom espumante italiano, curtindo a vista é indispensável! Ah, neste fim de semana que estávamos em Veneza, ocorreu o casamento do George Clooney e  durante o almoço, eles passaram de barco pelo canal bem devagar e todos adoraram!

Tatá…
restaurante em veneza dica(ops, qualidade ruim, pois é de celular, é só para mostrar o prato…!) Esqueci de fotografar a comida e roubei esta do facebook do Tatá! Ele de pizza e eu de caprese…! Canal refletido…

O tal Istituto, não tem como errar…! 

Quanto ao valor do restaurante, eu achei bem ok! Veneza é uma das cidades mais caras do mundo e achei que uma boa pizza, salada e vinho, tiveram preço justo, observando o local privilegiado que estávamos.

Gostaram?

bj bj

Rê Nunes