Repensando o afrodisíaco |Universo Masculino por Chef Rafa Alvarez

chef rafa alvarez

O imaginário popular é repleto de alimentos milagrosos que prometem colocar fogo em qualquer relação e estimular o prazer e a libido tanto em homem como em mulheres.

Mentira.

Até onde pesquisei, não existe nenhuma evidência de alimentos que promovam tal tipo de estímulo, alias, o fato de um alimento ser taxado ou não como afrodisíaco tem mais a ver com aspectos diferentes de sua composição: seja sua forma de consumo, seu formato ou até mesmo o sabor ao palato. 

Ostras são consideradas afrodisíacas devido a mitologia grega que conta, resumidamente, que Afrodite nasceu da espuma do mar e surgiu em cima de uma ostra, especiarias também já ocuparam o imaginário de alimentos que estimulam o prazer devido a sua raridade e valor elevado no passado.

Mas calma, existem sim maneiras bem efetivas de se estimular o parceiro através da gastronomia, note-se aqui a palavra gastronomia, que é diferente de se alimentar. Enquanto a segunda está mais ligada a questão fisiológica da necessidade inerente do ser humano de comer, a gastronomia vai além, e torna esta necessidade fisiológica em uma experiência.

Ostras com ovos de codorna e molho de amendoim não tem um centésimo do poder afrodisíaco de uma torrada com queijo cremoso, servida em um ambiente a meia luz, com uma vela aromática acesa e uma música aconchegante de fundo.

Falei um pouco sobre a sutileza dos detalhes em meu último texto e agora vou tentar trazer estes detalhes a aspectos mais práticos do dia-a-dia, quando se quer receber bem uma pessoa, causar uma boa impressão e dar início a uma noite a ser lembrada.

Opte sempre por pratos leves, de fácil preparo e também que sejam fáceis de ser degustados. Nada de servir caranguejo que precisa de um babador para que a moça não manche todo o vestido.

Opte pelo simples sem ser simplório. Quer começar por uma brusqueta pomodoro comum? Além da torrada, dos tomates e do manjericão, experimente colocar raspinhas de casca de limão, o cítrico causa uma sensação diferente a esperada além de estimular o paladar para os próximos pratos, e para seduzir, a surpresa é sempre uma aliada.

Saia do comum, ao invés de gastar muito com uma garrafa de Champagne, opte por fazer algo diferente com um espumante. Macere uvas verdes em uma coqueteleira, coloque uma dose de licor, coe e coloque dentro de uma taça flute, complete com o espumante e pronto, está ai um drink muito mais sedutor e estimulante do que qualquer vitamina milagrosa.

Afrodisíaco é o que surpreende, é o que se mostra intimista, é o que desperta os sentidos e sentimentos. É o toque de pimenta no final do chocolate, é a vela aromática naquela prateleira de canto que mal se vê a meia-luz, é o bombom dado sem motivo, o sorriso ao atender o telefone, o beijo inesperado, e porque não, o zestes na brusqueta pomodoro?

Surpreenda, seja único, arrisque e tenha assim a certeza de despertar os sentimentos desejados na pessoa que escolher. 

Rafa Alvarez, Chef Cena Restaurante

www.cenarestaurante.com.br

contato: chef@cenarestaurante.com.br

Mais posts sobre este assunto:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *