Professor Almir de Carvalho – Energia para a vida

por Professor Almir de Carvalho

ENERGIA PARA A VIDA

Energia é um termo bastante complexo. Significa alguma coisa que não pode ser vista, mas pode ser sentida. Energia é combustível, é intensidade, movimento, calor, paixão, mas também é estabilidade, equilíbrio, permanência, paciência. Quando se pensa em energia, imaginamos dois polos de manifestação, positivo e negativo.

Se observarmos atentamente as nossas ações diárias, verificaremos uma transição entre os polos negativo e positivo.

Uma atitude ativa não poderá ser ativa sempre, ela precisa também ser passiva como compensação, do contrário, ocorrerá o desequilíbrio.

Sempre quando um dos polos está mais ativo, o positivo por exemplo, teremos movimento, agitação, inquietação, excesso de pensamentos, calor, impaciência, hipertensão, alegria, transpiração, instabilidade, inflamação. As características deste polo positivo relacionam-se com o ramo do sistema nervoso simpático.

Nestas condições o cérebro entende que há um excesso de um dos polos e através de mecanismos bastante complexos, promove uma diminuição do polo positivo e o aumento do polo negativo. Desta forma, o ramo do sistema nervoso parassimpático é aumentado promovendo relaxamento, frio, estabilidade, redução da quantidade de pensamentos, hipotensão, introspecção.

Com o equilíbrio entre os dois sistemas ocorre a homeostase que é o movimento suave e harmônico de todos os sistemas do corpo.

É claro que este mecanismo natural da saúde pode ser alterado pelas questões mentais e emocionais. Se pudéssemos deixar a mente livre de preocupações e emoções negativas poderíamos ter saúde plena.

Do ponto de vista da sociedade, somos sempre expostos aos mais variados estímulos e desafios gerando um constante estado de estresse. Somos estimulados a viver o exterior, as aparências, o material, o financeiro e dificilmente damos atenção à mente e aos aspectos sutis do coração como o afeto, compaixão, perdão, alegria e o amor. Com o distanciamento destas questões vivemos em constante estado de alerta com o sistema nervoso simpático hiperativo e dificilmente conseguimos um relaxamento tão necessário à saúde plena e ao equilíbrio das energias.

 Em muitos casos, as doenças são formas forçadas de relaxamento promovidas pelo cérebro para tentar equilibrar.

Sem um relaxamento, a polaridade positiva da energia estará sempre ativa criando um efeito ilusório de positividade da vida, mas, não podemos esquecer, que o negativo é referencia para o positivo assim como a noite é referencia para o dia.

Normalmente as pessoas querem vivenciar apenas emoções positivas, mas aquelas ditas negativas são tão importantes quanto, exatamente porque estas emoções nos fazem refletir, relaxar, mudar padrões, se arrepender, flexibilizar pensamentos, perdoar.

Procurem ter um contato maior com seu interior reforçando energias que trarão saúde plena entendendo que o negativo e o positivo são realidades da vida.

Namaste

Artigo já publicado na coluna Yoga de Amir de Carvalho, no jornal Folha Do ABC, em 26 de novembro de 2011. 

Contato Professor Almir de Carvalho: 4427-5759
site:http://www.reabilitaac.com.br

Mais posts sobre este assunto:

1 comment

  1. Almir, como sempre seus textos são renovadores! Adoro ler o que você escreve! Gente, super recomendo o tratamento de acupuntura com o Professor Almir, é o melhor profissional que conheço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *