O que fazer em Bari na Itália!

topo bari

Olá!

Hoje quero postar sobre uma cidade sensacional chamada Bari na Itália!

No cruzeiro que fiz em outubro, o MSC Preziosa, a primeira parada foi a cidade de Bari, no sul da Itália. Bari está bem no calcanhar da bota, região de Puglia, local super preservado e de menor freqüência turística! Bari é considerada a cidade mais importante da região, cidade que muitos ficam hospedados para dar partida a outras cidadezinhas da região, que são maravilhosas, como Alberobello, Ostuni e Lecce.

Bari é uma cidade extremamente italiana, que mistura religiões de maneira interessante, com uma arquitetura específica da região, uma zona antiga incrível e como na Itália não poderia ser diferente: as comidas típicas e os vinhos são sensacionais!

Historicamente falando, por volta do século III a.C. os Romanos conquistaram a região e após a queda do Império Romano, em 476, a cidade foi invadida por Bárbaros e ocupada pelos Godos. No ano de 554 foi tomada pelos Bizantinos, que deixaram sua marca na cidade, principalmente artística (amo arte bizantina!) e ainda passou por muitas outras mudanças, como domínio dos Normandos e outros, até chegar aos dias atuais.

Em 1156 Bari foi destruída por Guilherme, conhecido como o Mau da Sicília. Mesmo com tudo isso, Bari, acabou tornando-se um centro marítimo de relevo, dividindo espaço em importância com Veneza. Bari ainda sofreu demais com as guerras.

Sobre o que visitar em Bari, mostrarei um pouco do passeio que fizemos nesta cidade linda, mas antes de tudo, o look escolhido:

1 look de viagem italiaLook: Vestido Le Lis Blanc | Havaianas | Bolsa Osklen | Óculos Urban Outftters | Brincos e Colar Chanel

Chegamos à Bari através do Porto e até o centro da cidade é super pertinho, dá para ir caminhando!

2 dica de viagem blog e look

Nossa ideia inicial seria ir até Alberobello para pegar praia, mas achamos o trajeto um pouco longo e resolvemos ficar em Bari mesmo:

DCIM102GOPRO

4 dica de viagem blog italiaO lado mais novo de Bari…

3 o que fazer em Bari

Para conhecer a cidade nos juntamos a um grupo de turistas de vários países diferentes e foi muito interessante!  Nossa guia, que falava inglês e espanhol, era super culta e contou sobre vários detalhes da cidade. Foi muito legal conhecer as igrejas, o museu e muito sobre a história de São Nicolau, o padroeiro da região.

A cidade antiga é uma graça e super diferente. Ruas estreitas, casinhas fofas e muitas sem janelas, por vários motivos como as guerras…!  O que surpreende e muito no centro histórico é o chão da cidade feito de mármore branco e preto, que indicam a entrada e a saída de um jeito bem legal.

6 bari dicas de viagemAmo estas ruas estreitas e cheias de lojas típicas!

6 viagem blog bari italia Várias vielas e ruas super charmosinhas… 

Um dos lugares mais importantes de Bari é a Basílica di San Nicola, uma das primeiras igrejas normandas de Puglia, que teve sua construção iniciada em 1087. Infelizmente, em razão dos ataques a igreja teve parte destruída, mas suas características foram mantidas.

A fundação da igreja e a escolha do padroeiro está relacionada  com o roubo de algumas das relíquias de São Nicolau do santuário original em Myra, atual Turquia. Segundo a lenda, a caminho de Roma, São Nicolau conheceu Bari e escolheu a cidade para seu sepultamento.

A igreja:

7 igreja em bari onde visitar

Dentro da igreja está situado um altar belíssimo, coberto e ladeado de um trono episcopal, datado do séc. XI. Na cripta, repousam as relíquias de São Nicolau, o santo patrono da Rússia, das crianças e dos marinheiros:

8 dicas de bari viagem

 9 o que fazer em bari blog Na catedral de Bari as diferentes religiões se comunicam muito bem! Os católicos e os ortodoxos compartilham do mesmo lugar para rezar/orar, cada um a sua maneira.

Bari atrai muitos turistas durante as festas católicas e ortodoxas, que são extremamente animadas! Fiéis acreditam no poder do Santo, que dizem já ter realizado muitos desejos em realidade!

A arte Bizantina que tanto adoro:

10 arte bizantina

A arte bizantina é muito rica e mesmo tratando-se de uma arte tão diferente do que eu mais aprecio, eu curto muito o douradão bizantino e as formas características.

O que visitar em Bari:

– Bari Vecchia: zona antiga da cidade, um bairro medieval lindíssimo onde existem inúmeras igrejas, rivalizando entre si na sua importância;
Basílica de San Nicola;
Basílica de San Gregorio;
– Palazzo del Catapano;
– Castelo Normanno-Suevo;
– Igreja de São Gregório;
– Corso Vittorio: para quem não resiste às comprinhas;
Grutas di Castellana.

Onde hospedar em Bari:
(Dica por indicação de amigos! Eu não me hospedei em Bari pois estava no navio, mas alguns amigos que estiveram recomendaram os abaixo)

Hotel Boston: Via Piccini, 155 – hotel moderno, perto do centro histórico;
Hotel Costa: Via Scipione Crisanzio, 12 – no coração do centro da cidade;
Mercure Villa Romanazzi Carducci;
Palace Hotel: Via Lombardi, 13 – localizado no centro de Bari, em frente ao mar. Quartos ótimos com mix de itens modernos e antigos. Acho que seria a minha escolha!

Onde comer em Bari:

– Kilimangiaro: Lungomare Starita, 64 – Trattoria e pizzaria bem bacana e de frente ao mar. Tem que experimentar a orecchiette, massa mais tradicional da região, que é em forma de orelha e recheada. Opte pela rúcula com carne!
– Murat: Via Lombardi, 13 – Restaurante localizado na cobertura do Hotel Palace. Sofisticado e com vista bacana, vale a pena experimentar as especialidades da região neste lugar diferente!

E então, gostaram das dicas e do post? Bari é bem bacana!

bj bj bj e até

Rê Nunes

Mais posts sobre este assunto:

25 comments

  1. Olá
    Como vc nós tb estaremos em um cruzeiro.
    Observei que vc fez um passeio da maneira que gostaríamos de fazer ( sem estar grudados ao pessoal da companhia de cruzeiros), principalmente porque estaremos com 2 crianças. Como vc contra taram o guia?

    1. Jardel, Bari foi bem simples, mas muito especial! Descemos do navio e já haviam muitas pessoas oferecendo passeios, falamos que queríamos fazer algo a pé mesmo e optamos pelo grupo que falava inglês. Tudo aconteceu de maneira organizada e tranquila! Faça o seguinte, repare nos guias que usam uma autorização da cidade, dá para ver pelo crachá! Nós escolhemos em Inglês, caso não falem com fluência recomendo optar pelo espanhol, pois o espanhol deles é bem tranquilo de entender!

      Nós fomos com alguns americanos super bacanas. O roteiro era simples, mas a Guia extremamente conhecedora da história local, isso foi bem legal! Os guias são cadastrados pela cidade e professores ou alunos de pós-graduação, então dá para confiar na qualidade.

      Nossa guia nos levou para dar uma volta na cidade e entender sobre a arquitetura que tem detalhes históricos de guerra bem especiais (não vou contar para não estragar a surpresa!). Depois fomos até a principal Igreja da cidade, linda por sinal e também para experimentar pães e azeites sensacionais!

      Tudo isso que expliquei acontece de maneira bem tranquila, até porque o centro histórico de Bari é realmente simples, mas cheio de histórias bacanas para contar!

      Obs. Vocês já sabem o que farão na Croácia? Irão a Dubrovnik? Não me recordo se já escrevi sobre Dubrovnik aqui, mas tenho dicas ótimas de lá, qualquer coisa me pergunte que te mando tudo!

      até e ótima viagem!

      Rê Nunes

    1. Ana Maria nós entramos sim num walking tour. Começamos com eles já na cidade. Era um walking tour mais simples, mas super interessante e com muita informação. Como estávamos de navio, os Tours oferecidos no navio eram muito caros, então optamos por este que era bem mais em conta. Havia várias opções legais no centro para tour em grupo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *