East Side Gallery – Dica de Berlim

topo east side gallery

Olá!

Hoje resolvi mudar toda a ordem dos posts (sorry quem pediu dicas de Budapeste, mas foi mais forte que eu!). Depois de um dia super chato, no qual eu bati o carro e fiquei super triste, resolvi fazer terapia com minhas fotos (amo ficar separando fotos para imprimir, tratar, postar no grupo das amigas viajantes e tals…!) e acabei morrendo de vontade de publicar sobre a East Side Gallery!

Bem, a East Side Gallery é um pedaço do Muro de Berlim, do lado Oriental, que após a queda, foi pintado por artistas do mundo inteiro, incluindo 2 brasileiros incríveis. Sabe aquele lugar que, por mais clichê que seja, TEM QUE SER VISITADO?! Pois bem, a East Side Gallery é isso aí…! E eu aposto que todos que vão até lá, amam!

O que há de mais legal neste pedaço mantido do muro, é que podemos ver o que artistas tinham para falar naquela época! Analisar muitas das imagens ali pintadas é como viajar no tempo…!

Gente, quem tem minha idade ou mais, recorda-se desta história relativamente recente e maluca, na qual um muro dividia uma das cidades mais importantes do mundo em duas partes, certo?! Eu me recordo do exato momento em que Bial entrava ao vivo para mostrar a queda do muro, vocês não?! Mesmo criança, eu fiquei impressionada com aquilo e passei a estudar para entender como tudo isso podia acontecer! Pois bem, após tanto tempo, pude conhecer de perto a cidade do Muro, sentindo emoções incríveis que contarei por aqui!

Voltando, a East Side Gallery surgiu em fevereiro de 1990, menos de 4 meses depois da queda do Muro e teve um valor simbólico fortíssimo! Imagine, depois de tanta repressão, artistas da época aproveitaram-se de parte do muro, que causou tanto sofrimento, para expressar sentimos em forma de arte.

Agora, as fotos que fiz ou participei por lá, vale observar e refletir:

murodeberlim

muro de berlinEu e minha mãe, encontrando a primeira arte feita por um brasileiro! berlinblogAmo a força simbolica desta pintura!

berlin wallOutra arte belíssima e cheia de conteúdo de um brasileiro…!

berlin oriental tipsO beijo Fraterno, do russo Dmitri Vrubel. Nesta arte, o líder soviético Brejnev beija homólogo alemão oriental Honecker. 

O artista tinha 29 anos ao pintar esta obra, que virou o maior símbolo da queda do muro. Segundo o artista, o tema pintado foi escolhido, mais para expressar um sentimento amoroso que estava vivendo, do que o momento histórico! Vejam só:

“Fomos até ao muro, havia uma pequena cabana com tintas. Estava lá uma rapariga escocesa que me propôs um contrato. Ainda havia guardas da RDA no muro. Não me deixaram atravessar a fronteira. Mas mais tarde quando comecei a desenhar, deram-me água para as tintas”, contou Dmitry Vrubel.

Vrubel não leu o contrato e começou a pintar sua arte. Somente depois da arte feita, percebeu que havia cedido direitos à galeria.

“Um dia pela manhã, eu ainda estava na cama e o meu amigo Alexander Bradovsky chegou e mostrou-me dois jornais. O Berliner Zeitung e o Neues Deutschland, o jornal dos comunistas alemães. O título era “Beijo Fraterno”. Foi assim que eles deram o nome à pintura” recordou o artista.

O momento era tão maluco, que o artista disse que tratou-se de uma imensa confusão! Segundo o mesmo, os jornais interpretaram o desenho à luz dos acontecimentos políticos, mas não era essa sua intenção. O verdadeiro nome da obra é “Deus, ajuda-me a sobreviver a este amor mortal”. Uma referência à paixão não correspondida vivida pelo autor.

“A frase tinha a ver com uma experiência pessoal, com a minha relação com duas mulheres, é uma obra dedicada ao amor, à imagem do amor. Todos nós podemos viver diferentes situações no quotidiano em que nos sentimos presos nos lábios deste tipo de monstro. Naquela altura, era uma imagem das minhas dificuldades pessoais” explicou o artista.

Dmitri Vrubel tornou-se uma celebridade, mas não fez dinheiro com a pintura. Em 2006, refez a obra e doou os três mil euros de remuneração a uma associação.

Em continuidade seguem outras artes super tops:

east side gallery berlimAs raves surgiram por lá, esta imagem retrata muito bem tudo isso!
dicadeberlimAdolescentes visitando o muro e interpretando as artes…
dica muro de berlimEsta é de arrepiar…
berlinwallgaleria muro de berlimberlintips
dica de viagem berlim orientaldica de berlim orientalmuro de berlim dicasmurodeberlimdicasAo contrário do que imaginamos, o muro em si era relativamente fino, conforme podemos perceber na imagem! Ao lado direito a antes temida Berlim Oriental, já, ao lado esquerdo, Berlim Ocidental, que já tinha o muro pintado…! dica de viagem berlimO lado Ocidental da East Side Gallery
o que fazer em berlimUma das coisas mais emocionantes, andar pelo muro…

east side gallery

berlimorientaldicas

Do outro lado da rua, do lado oriental, uma caixa d’agua que foi mantida e também serviu como tela…

Gostaram?

Para chegar na East Side Gallery não tem erro:

Endereço: Mühlenstraße 1 – Friedrichshain, 10243 Berlim

Como Chegar:
S-Bahn: Linhas S5, S7, S75, estação Warschauer Str.
U-Bahn: Linha U1, estação Warschauer Str.

Eu aconselho o METRÔ: Warschauer Strasse. É só seguir pela rua de mesmo nome até ver a Oberbaumbrücke, ponte de tijolos vermelhos com duas torres tipo de castelo. A East Side Gallery começa logo ali e segue para a direita. Você pode ir de bike ou fazer uma boa caminhada. Destaco que são mais de 1 quilômetro de arte e história, da boa, pela frente!

Preço: Grátis

Sobre os souvenirs, eu assumo que comprei! É obvio que sei que aqueles pedaços de muro vendidos por alí são fakes, mas não resisti e arrematei um pedaço com a pintura do beijo! Tá na minha geladeira cumprindo seu papel…

E aí, gostaram?! Esta história tão próxima é sensacional, não é?!

bj bj e em breve muitos posts sobre esta cidade que eu moraria fácil: Berlim!

Rê Nunes

Mais posts sobre este assunto:

3 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *