Dica de Lanzarote e Dicas do Ironman em Lanzarote – vídeos no Youtube!

Depois de quase 20 dias vivendo experiências fantásticas estou de volta à vida real!

Cada viagem que faço, além de aproveitar para descansar a cabeça e viver experiências, tento extrair o máximo de conhecimento sobre cada lugar e cultura que visito! Imaginem só, quantas coisas pude vivenciar ao ser apoio do Tatá no Ironman Lanzarote, a prova considerada o Ironman mais dura do mundo ou ao ficar imersa num mundo tão diferente que é o Marrocos! Depois fomos ao Porto, cidade que eu ja amava em Portugal e Santiago de Compostela, na Espanha, que foi maravilhoso.

Pois bem, para mostrar e guardar um registro pessoal do que vivemos nestes destinos, resolvi compactar alguns vídeos que fizemos para publicar no Youtube. Quem sabe você não se anima a incluir um destes destinos em sua próxima viagem!

Obviamente os vídeos são super caseiros, despretenciosos, mas objetivam registrar um pouco das nossas experiências!

Ficarei muito contente caso você assista e se curtir, comentar, ou compartilhar então… aí serei só felicidade!

Em breve posts com dicas de cada lugar visitado, continuidade nas dicas da Africa do Sul e muito mais.

Caso queira mais dicas de algum destino específico que eu ja tenha visitado, envie-me um e-mail no renunes01@gmail.com que adorarei ajudar!

Para mais dicas de Lanzarote, clique aqui! 

Bjbj

Rê Nunes

Soloman 113 EV e Casa do Fitness!

Olá gente!

Sábado, 11 de fevereiro de 2017, foi um dia de muitas emoções e trabalho por aqui!

Nós, da Casa do Fitness ABC, participamos como patrocinadores de uma prova sensacional chamada Soloman 113 EV, que aconteceu na Estrada Velha de Santos e foi muito bacana!

Caso algum atleta passe por aqui, reitero os parabéns, afinal, a prova foi extremamente dura, com medidas equivalentes a um Meio Ironman!

Tendo em vista que o namoradão (um dos organizadores da prova), Tatá Lazzuri, estava machucado, aproveitamos para fotografar e seguem alguns momentos que foram especiais:

tata lazzuri solomanNós… 

Processed with VSCO with f2 presetEsta foi a foto que fiz e mais amei! Ok, a prova não era de caiaque, mas as cores pela manhã estavam tão lindas… Pena que perde muita definição quando fica on line…! 

A atleta Karen representou super! Arrasou…  


estrada velha de santos fotoMais uma que amei… mesmo não tratando-se exatamente do nada, pedala e corre…

Processed with VSCO with k2 preset

Arthur Ruffato, nosso amigo e monstro Ultraman….

Processed with VSCO with t2 presetAs Quaresmeiras que tanto enfeitam a Serra…

Processed with VSCO with s5 preset

E trabalhar com o que ama é bom demais! Acordamos 4 da madrugada, enfrentamos o amanhecer e tudo correu perfeito! Muito feliz em participar com a nossa Casa do Fitness ABC!


navas campeão soloman

Parceiros Patrocinadores e o Vencedor da Prova: Navas! Eu (Casa do Fitness), Vivi (BlessCycle), Navas (NavasTri), Luciano (Oversports) e Thiago (Studio Race).

Parabéns aos Organizadores e todos Atletas que participaram do Soloman 113 EV! Muito feliz em participar de tudo isso…!

… E que toda esta energia e amor pelo esporte me contagie e que eu tenha menos preguiça de treinar…

bj bj bj e uma semana top!

Rê Nunes

Desafio: 2017 SEM COMPRAR ROUPAS!

desafio 2017 sem comprar roupas blog

Olá! Vamos falar sobre as promessas e desafios de 2017?!

Como vocês sabem, eu sou super adepta às mudanças (por isso nem venham com julgamentos sobre o conteúdo deste post, kkkk) e assumo que esta Renata de 2017 é muito diferente da Renata que começou o blog em 2011!

Entre todos os objetivos e metas que pretendo alcançar neste novo ano, eu estabeleci um DESAFIO um pouco diferente do convencional, que merece ser assunto deste post. O tal Desafio chama-se: 2017 ANO SEM COMPRAR ROUPA! 

Como o próprio nome já esclarece, eu me desafiei a passar o ano de 2017 todinho sem comprar nenhuma peça de roupa. Não vou gastar nenhum centavo que seja do meu dinheiro para comprar nada de roupa, o que claro, não impede que me deem presentes, ou seja fazer o OPM (other people money) me presentear, kkkk (ops, volte ao foco!).

Dentro do DESAFIO 2017 SEM COMPRAR ROUPAS, eu estabeleci que toda vez que eu sentir vontade de comprar algo que em condições CNTP (condições normais de temperatura e pressão!)  eu compraria, pegarei o dinheiro que deixei de gastar e vou investir. Gostaram da idéia?

Agora vou explicar um pouco melhor o Desafio 2017 SEM COMPRAR ROUPAS!

1. Por que fazer o DESAFIO 2017 SEM COMPRAR ROUPAS?

Por que eu estou fazendo isso? Pirei?! Não…

Na verdade é o seguinte, eu amo desafios e fui muito influenciada por um novo estilo de vida que tenho adotado, através do minimalismo, essencialismo e até mesmo inspirada naquele lifestyle de algumas francesas que defendem o guarda-roupa de 10 peças (esclareço que 10 peças é modo de falar, não são exatamente 10 peças…).

Com o DESAFIO eu acredito que valorizarei muito mais o que tenho, ficarei mais seletiva e conseguirei eliminar ainda mais o que tenho só por ter…

Ao fazer aquela limpa no meu closet durante 2016 a la Marie Kondo, pude perceber o quanto ele é super hiper completo, com peças que acho incríveis (daquelas que são consideradas eternas) e notei que eu não usava e aproveitava muita coisa boa que tem lá dentro, pois sempre estava comprando mais e mais, querendo usar o novo, deixando de lado coisas muito legais. Tenho peças clássicas incríveis que só usei uma única vez ou nem usei pois comprava algo novo e deixava de lado o que estava lá.

Não quero mais estes comportamentos e não quero mais desperdiçar dinheiro e energia!

2. Tornar-me uma pessoa livre do consumismo maluco e desenfreado!

Comprar e comprar roupas é uma espécie de bola de neve… quanto mais compramos, mais queremos comprar e menos olhamos para o que temos…

Muitas vezes perdemos a nossa personalidade, para ficar usando coisas de modinha que acabamos de comprar e que podem nem ser a nossa cara, só porque vimos em fulana… – Tenho achado isso tão ultrapassado, démodé.

Outro ponto que quero destacar é que notei que eu passava muito tempo enfiada em shoppings, preocupada em comprar algo novo para usar num jantar, ou num encontro com amigas, ou no dia-a-dia mesmo, sendo que tenho tão pouco tempo livre…! Ah, sem contar que quanto mais coisas nós temos, mais perdemos tempo cuidando e organizando, ou seja: excesso de roupas é um grande ladrão de tempo e meu tempo é valioso demais para ser desperdiçado! 

3. Quais os objetivos que espero alcanças com o DESAFIO?

Adotar a não compra de roupa por 1 ano é uma maneira de me fazer usar realmente o que eu tenho, analisar o que merece ser mantido and o que pode ser descartado, fazendo alguém feliz por aí.

Quero ter no meu closet peças chaves, que fazem toda a diferença e não um monte de coisas de modinha, sem qualidade. Quero ter manter peças com tecidos importantes, que tenham minha personalidade.

Outro ponto importante é que da mesma maneira que quanto mais compramos, mais queremos comprar, eu acredito que QUANTO MENOS COMPRAMOS, MENOS NOS IMPORTAMOS EM COMPRAR! Eu acredito muito no poder do hábito e tenho certeza que passar por uma fase sem me importar em comprar coisas, me fará ficar menos consumista.

4. O que fazer com o dinheiro economizado?! 

Eu já comentei que ano passado fiz vários cursos sobre investimentos, educação financeira e quero usar meu conhecimento adquirido neste desafio da seguinte forma: todo o dinheiro, cada centavinho, que eu deixar de gastar em roupas, anotarei na planilha e usarei para investir, seja em títulos do Tesouro, investimentos que estou estudando, seja em qualquer coisa…, planilhando direitinho para ter noção de quanto dinheiro poderia ter gastado no decorrer do ano.

A minha intenção é dimensionar exatamente o que eu gastaria em roupas e analisar o quanto economizei e o quanto isso representará a longo prazo.

Também, pretendo doar parte do que eu gastaria, principalmente nas campanhas que envolvem doações de roupas de frio, durante o inverno.

5. Não vale deixar de comprar roupa e passar a comprar outras coisas…! 

Que fique bem claro que eu não me permitirei deixar de comprar roupas para comprar acessórios ou sapatos, por exemplo! Não vale mudar apenas o foco da compra, gastando a toa em outras coisas para compensar. O que vale é realmente o contexto que o não comprar envolve.

6. O que espero do DESAFIO 2017 SEM COMPRAR ROUPAS?!

Eu realmente acredito que este desafio será um divisor de águas em minha vida, aproveitando para livrar-me de vez da síndrome da consumista, coisa que acho super ultrapassada e que já não combina mais comigo!

Espero que com este desafio que minha personalidade fique ainda mais presente no meu estilo de vestir e que tudo que eu tenha, tenha realmente a minha cara, o meu jeito, a minha personalidade.

Por ultimo, acredito que este desafio me libertará do comportamento de manada que infelizmente a moda tem tomado.

E, por último, tenho certeza que com o dinheiro que deixarei de gastar e com o tempo que terei, poderei curtir muito mais as pessoas, os lugares, os sabores e viajar ainda mais. Investir em experiências, que é o que me faz realmente feliz.

7. Que tal Desafiar-se?! 

E então, o que achou do Desafio? Topa participar?!

Eu sei que é uma decisão que para algumas pode soar um tanto quanto radical, por isso resolvi explicar minhas razões aqui!

Conte-me o que achou e se toparia fazer o desafio através do e-mail renunes01@gmail.com.

bj bj bj e no decorrer do ano irei contando se o foco será mantido.

Ótima semana e um 2017 mais inteligente e feliz.

Rê Nunes

Exposição de Gaudí em São Paulo – Instituto Tomie Ohtake

Olá gente!

Vamos falar de arte?!

Está acontecendo em São Paulo, no Instituto Tomie Ohtake, uma exposição sobre Gaudí, um dos grandes  arquitetos/artistas modernistas, que deixou sua grande marca numa das cidades mais incríveis do mundo: Barcelona!

Gaudí dispensa apresentações e caso você ainda não o conheça, recomendo que você procure sobre este arquiteto fantástico na Wikipedia e conheça um pouco de sua história! É pura arte.

Sobre a exposição, preciso fazer algumas considerações! Eu nunca usarei o espaço do blog para criticar nada referente a arte, até porque quem sou eu para fazê-lo, néam…! Ocorre que, nós (pessoas comuns que gostam de arte por arte) esperávamos algo um pouco mais denso sobre um artista tão incrível e sentimos falta de algo mais completo, mais… Gaudí!

Bem, deixo claro que este comentário não retira, de maneira alguma, o brilho da exposição, afinal, receber Gaudí em São Paulo é tão legal, que merece sim ser visitado!

Agora, alguns momentos da exposição através das minhas lentes e do Tatá Lazzuri.

Dentre as obras destacadas na exposição, a principal é a Sagrada Família em Barcelona. Abaixo uma maquete gigante que explica um pouco do teto da obra:

Calça e Camiseta Urban Outfitters, Chinelo Birkenstock e Bolsa Chanel.

Adoro fotografar a reação de pessoas que não conheço em exposições! Ainda sinto um pouco de vergonha de fotografar sem pedir permissão, o que quero conseguir fazer com mais facilidade:

O teto da Sagrada Família, mesmo em “maquete” desperta interesse.

As mobílias feitas ou projetadas por Gaudí são incríveis! Nas casas feitas por ele, abertas à visitação em Barcelona, podemos conferir muitos exemplares que despertam desejos e sonhos de consumo!

Abaixo o detalhe de uma das cadeiras expostas:

No subsolo do Instituto estão dispostas obras maravilhosas inspiradas nas idéias de Gaudí, vale à pena descer e observar com carinho:

exposicao-tomie-ohtake-gaudi

O jogo de espelhos refletindo as correntes, faz um efeito sensacional:

Agora, quero contar algo super especial que aconteceu durante esta visita ao Instituto Tomie Ohtake. Ao entrar no Instituto percebemos que estava acontecendo uma apresentação de uma orquestra composta por adolescentes, Ficamos impressionados com aquele som e momento tão especial e resolvemos nos unir ao público para assistir!

Ao chegar perto da orquestra, percebemos que Ruy Ohtake estava lá, na primeira fileira, curtindo com muitos sorrisos o concerto:

Foi tão legal ver aqueles jovens tocando impecavelmente! Foi emocionante:

Concluindo, a tarde de domingo visitando a exposição de Gaudí, foi muito especial!

Exposição: Gaudí, Barcelona 1900

Sobre os ingressos, compramos através do site, clique aqui para acessar.

Valor ticket: R$ 12,00 inteira e R$ 6,00 meia!

Local: Instituto Tomie Ohtake – São Paulo.

Duração: 19 de novembro a 16 de fevereiro de 2017.

De terça a domingo, das 11h às 20h.

 

Gostaram da Dica? Já visitaram a Exposição? Conte sua experiência e vamos São Paulo como turistas!

bj bj

Rê Nunes