Empatia: palavra da semana!

Você já reparou que atualmente até as palavras entram e saem de moda?

Teve a fase da gratidão, depois veio a resiliência e, agora, a palavra da vez é a EMPATIA!

Eu sou a favor da “moda das palavras” e acredito na força da palavra do bem, que pode mudar as pessoas, ao disceminar coisas boas.

O que significa EMPATIA?

Você já parou para pensar qual o significado de EMPATIA?

Para mim, empatia é: o ato de se colocar no lugar do outro, objetivando entender seus sentimentos. É livrar-se das opiniões e conceitos pré-estabelecidos para enxergar as coisas através da perspectiva do outro. 

Quando a palavra EMPATIA despertou interesse? 

No meu caso, a palavra EMPATIA despertou tanto interesse, pois realizei um teste com meu Coach e neste importante teste a empatia estava presente entre as principais características do líder de sucesso e, para a minha surpresa, de todas as características listadas, empatia é a que eu estava menos acostumada a me dedicar.

Sabe, eu fiquei surpresa ao encontrar a empatia como um dos mais importantes requisitos e obviamente passei a estudar e me dedicar ao tema!

Pois bem, poucos meses após eu adicionar a empatia a minha rotina, ja comecei a colher os frutos e sinto que minhas relações em geral melhoraram expressivamente! Sem contar que eu estou mais satisfeita com minhas tomadas de decisões na empresa.

Como ser empática (o)?

Se você (assim como eu!) não nasceu com esta característica presente, vamos desenvolvê-la, o que não será simples e requer concentração.

Antes de qualquer coisa: deixe o “seu eu” de lado. Por mais que a primeira impressão é que você seja o dono da verdade e que tem certeza absoluta do que que stá dizendo, deixe o ego de lado e priorize o outro! Esqueça as suas opiniões e coloque-se no lugar do outro, tentando enxergar com o olhar desta pessoa. Neste momento, a sua opinião pouco importa.

Agora sim, vamos lá:

Primeiro: pratique a empatia no dia-a-dia, nos momentos mais simples do cotidiano e com quem você mais convive. Lembre-se, você vai escutar, colocar-se no lugar do outro imparcialmente e, à partir daí, chegar na melhor decisão ou solução. Afaste totalmente os julgamentos preciptados (mais um momento tenso!).

Segundo: coloque-se no lugar do outro no trabalho! Escute, escute e escute, antes de qualquer coisa! Engula a vontade de decidir de pronto, a vontade de interromper a fala do outro e observe. Será neste momento que conseguirá ver a situação agravés dos olhos e do interesse do outro.

Terceiro: seja empática (o) em qualquer tipo de relação, com todas as pessoas que você encontra durante seu dia, até mesmo com quem mais lhe irrita!! (…e dá-lhe exercício!).

Quarto: seja empático com seus ou suas amigas. Sabe aquele amigo que faz certas coisas que não dá para entender? Pratique empatia com ele! Coloque-se no lugar da pessoa, faça perguntas e escute, não julgue e entregue-se ao ser empático!

Repito: ninguém disse que seria fácil!

Benefícios de ser Empático: 

Agora sim! Depois de perceber que ser empático não é tão simples e que a banalização do termo está longe de ser correta, vamos entender os benefícios da empatia.

A empatia vai melhorar suas relações, tornar-lhe mais amigável, lhe dará segurança e lhe transfomará num líder com melhor poder de decisão. 

Hoje, sou capaz de garantir que toda a decisão tomada aplicando-se a empatia será uma decisão melhor e mais inteligente.

Ao envolver-se com o tema, ao colocar-se no lugar do outro, ao estar imerso no tema, de ambos os pontos de vista, você estará dominando o assunto em questão e com certeza encontrará a melhor solução.

Ao agir com empatia, você terá argumentos concretos para defender o seu ponto de vista e com certeza conseguirá o que quer!

A EMPATIA melhora todas as relações

Praticar a empatia é um hábito que irá melhorar a sua vida e a vida de quem você convive!

A EMPATIA é uma palavra tão simples, mas pode mudar o mundo.

Seja empática e seja mais feliz!

bj bj e vamos evoluir!

Rê Nunes

Dica de Livro: ESSENCIALISMO de Greg McKeown

A dica de livro de hoje é daquelas de mudar a vida, pelo menos para mim, mudou real!

O livro aqui indicado chama-se: ESSENCIALISMO e o autor é Greg McKeown.

Eu já falei, escrevi e costumo sempre encher o ouvido das amigas e amigos com a conversa do Minimalismo e Essencialismo, tema que amo e realmente aderi para minha vida!

Tenho tantos livros e documentários para recomendar para quem gosta do assunto, que poderia passar horas escrevendo sobre isso…, por isso, se você quiser dicas de títulos envie-me por e-mail que amarei compartilhar estas informações!

Bem, quanto ao livro, resolvi postar hoje em razão de um comentário que recebi num post feito meses atras sobre este mesmo tema. Eu elaborei o post falando sobre Essencialismo logo quando comecei a ler este livro e estava simplesmente fascinada com o assunto.

O que ocorreu é que cometi um erro e a Daniela, autora do comentário, chamou minha atenção para tal deslize! Eu fiz o post, falei sobre o Essencialismo baseada nas informações do livro aqui em questão e outros conteúdos que eu estava imersa naquele momento, entretanto não dei os devidos créditos às minhas inspirações.

Agora, falando sobre esta obra deliciosa e super fácil de ler, quero aproveitar para fazer umas observações sobre os pontos que mais mudaram a minha vida e que tento aplicar no meu cotidiano:

  • Menos, mas Melhor! – uso isso em tudo na minha vida! Não compro por comprar, não como por comer, não perco tempo com nada que seja mais ou menos. Eu quero ser, fazer, ter, viver, curtir, saborear e sentir tudo o que há de melhor…!
  •  Criar regras básicas de concentração – estar presente e concentrar-se no que acontece no momento. Estou estudando muito sobre mindfulness para melhorar isso na minha vida.
  • Criar regras funcionais do tipo: Ler 20 Minutos de Livro de Papel ao acordar. 
  • Parar de assumir compromissos sem pensar e repensar. 
  • Fazer o mais difícil primeiro. 
  • Viver o AGORA! 

Estes são alguns itens que ao mudar, minha vida melhorou muito!

E você, acha que valeria a pena mudar a vida para viver com mais qualidade e mais feliz com o Agora, com o momento, sem ansiedade?!

Se sim, leia este livre e descubra o mundo Essencialista!

bj bj bj e tenha um ótimo feriado.

 

Re Nunes

 

Desafio: 2017 SEM COMPRAR ROUPAS!

desafio 2017 sem comprar roupas blog

Olá! Vamos falar sobre as promessas e desafios de 2017?!

Como vocês sabem, eu sou super adepta às mudanças (por isso nem venham com julgamentos sobre o conteúdo deste post, kkkk) e assumo que esta Renata de 2017 é muito diferente da Renata que começou o blog em 2011!

Entre todos os objetivos e metas que pretendo alcançar neste novo ano, eu estabeleci um DESAFIO um pouco diferente do convencional, que merece ser assunto deste post. O tal Desafio chama-se: 2017 ANO SEM COMPRAR ROUPA! 

Como o próprio nome já esclarece, eu me desafiei a passar o ano de 2017 todinho sem comprar nenhuma peça de roupa. Não vou gastar nenhum centavo que seja do meu dinheiro para comprar nada de roupa, o que claro, não impede que me deem presentes, ou seja fazer o OPM (other people money) me presentear, kkkk (ops, volte ao foco!).

Dentro do DESAFIO 2017 SEM COMPRAR ROUPAS, eu estabeleci que toda vez que eu sentir vontade de comprar algo que em condições CNTP (condições normais de temperatura e pressão!)  eu compraria, pegarei o dinheiro que deixei de gastar e vou investir. Gostaram da idéia?

Agora vou explicar um pouco melhor o Desafio 2017 SEM COMPRAR ROUPAS!

1. Por que fazer o DESAFIO 2017 SEM COMPRAR ROUPAS?

Por que eu estou fazendo isso? Pirei?! Não…

Na verdade é o seguinte, eu amo desafios e fui muito influenciada por um novo estilo de vida que tenho adotado, através do minimalismo, essencialismo e até mesmo inspirada naquele lifestyle de algumas francesas que defendem o guarda-roupa de 10 peças (esclareço que 10 peças é modo de falar, não são exatamente 10 peças…).

Com o DESAFIO eu acredito que valorizarei muito mais o que tenho, ficarei mais seletiva e conseguirei eliminar ainda mais o que tenho só por ter…

Ao fazer aquela limpa no meu closet durante 2016 a la Marie Kondo, pude perceber o quanto ele é super hiper completo, com peças que acho incríveis (daquelas que são consideradas eternas) e notei que eu não usava e aproveitava muita coisa boa que tem lá dentro, pois sempre estava comprando mais e mais, querendo usar o novo, deixando de lado coisas muito legais. Tenho peças clássicas incríveis que só usei uma única vez ou nem usei pois comprava algo novo e deixava de lado o que estava lá.

Não quero mais estes comportamentos e não quero mais desperdiçar dinheiro e energia!

2. Tornar-me uma pessoa livre do consumismo maluco e desenfreado!

Comprar e comprar roupas é uma espécie de bola de neve… quanto mais compramos, mais queremos comprar e menos olhamos para o que temos…

Muitas vezes perdemos a nossa personalidade, para ficar usando coisas de modinha que acabamos de comprar e que podem nem ser a nossa cara, só porque vimos em fulana… – Tenho achado isso tão ultrapassado, démodé.

Outro ponto que quero destacar é que notei que eu passava muito tempo enfiada em shoppings, preocupada em comprar algo novo para usar num jantar, ou num encontro com amigas, ou no dia-a-dia mesmo, sendo que tenho tão pouco tempo livre…! Ah, sem contar que quanto mais coisas nós temos, mais perdemos tempo cuidando e organizando, ou seja: excesso de roupas é um grande ladrão de tempo e meu tempo é valioso demais para ser desperdiçado! 

3. Quais os objetivos que espero alcanças com o DESAFIO?

Adotar a não compra de roupa por 1 ano é uma maneira de me fazer usar realmente o que eu tenho, analisar o que merece ser mantido and o que pode ser descartado, fazendo alguém feliz por aí.

Quero ter no meu closet peças chaves, que fazem toda a diferença e não um monte de coisas de modinha, sem qualidade. Quero ter manter peças com tecidos importantes, que tenham minha personalidade.

Outro ponto importante é que da mesma maneira que quanto mais compramos, mais queremos comprar, eu acredito que QUANTO MENOS COMPRAMOS, MENOS NOS IMPORTAMOS EM COMPRAR! Eu acredito muito no poder do hábito e tenho certeza que passar por uma fase sem me importar em comprar coisas, me fará ficar menos consumista.

4. O que fazer com o dinheiro economizado?! 

Eu já comentei que ano passado fiz vários cursos sobre investimentos, educação financeira e quero usar meu conhecimento adquirido neste desafio da seguinte forma: todo o dinheiro, cada centavinho, que eu deixar de gastar em roupas, anotarei na planilha e usarei para investir, seja em títulos do Tesouro, investimentos que estou estudando, seja em qualquer coisa…, planilhando direitinho para ter noção de quanto dinheiro poderia ter gastado no decorrer do ano.

A minha intenção é dimensionar exatamente o que eu gastaria em roupas e analisar o quanto economizei e o quanto isso representará a longo prazo.

Também, pretendo doar parte do que eu gastaria, principalmente nas campanhas que envolvem doações de roupas de frio, durante o inverno.

5. Não vale deixar de comprar roupa e passar a comprar outras coisas…! 

Que fique bem claro que eu não me permitirei deixar de comprar roupas para comprar acessórios ou sapatos, por exemplo! Não vale mudar apenas o foco da compra, gastando a toa em outras coisas para compensar. O que vale é realmente o contexto que o não comprar envolve.

6. O que espero do DESAFIO 2017 SEM COMPRAR ROUPAS?!

Eu realmente acredito que este desafio será um divisor de águas em minha vida, aproveitando para livrar-me de vez da síndrome da consumista, coisa que acho super ultrapassada e que já não combina mais comigo!

Espero que com este desafio que minha personalidade fique ainda mais presente no meu estilo de vestir e que tudo que eu tenha, tenha realmente a minha cara, o meu jeito, a minha personalidade.

Por ultimo, acredito que este desafio me libertará do comportamento de manada que infelizmente a moda tem tomado.

E, por último, tenho certeza que com o dinheiro que deixarei de gastar e com o tempo que terei, poderei curtir muito mais as pessoas, os lugares, os sabores e viajar ainda mais. Investir em experiências, que é o que me faz realmente feliz.

7. Que tal Desafiar-se?! 

E então, o que achou do Desafio? Topa participar?!

Eu sei que é uma decisão que para algumas pode soar um tanto quanto radical, por isso resolvi explicar minhas razões aqui!

Conte-me o que achou e se toparia fazer o desafio através do e-mail renunes01@gmail.com.

bj bj bj e no decorrer do ano irei contando se o foco será mantido.

Ótima semana e um 2017 mais inteligente e feliz.

Rê Nunes

Quadro Chanel com Coco Chanel, Carrie Bradshaw e Kate Moss

quadro-chanel-comprar

Quadro Chanel

Olá gente!

Vocês viram minhas últimas criações “artísticas” que tenho postado nas redes sociais?

Pois bem, eu comecei a criar telas, pinturas, arte nas bolsas e em vários objetos para mim, e a reação de várias amigas foi super positiva, com muitos incentivos que acabaram virando encomendas, o que me deixou extremamente feliz!

Eis que agora já tenho algumas peças prontas! Esta primeira coleção cápsula chamei de L Ø V Ξ e sua essência está numa moda Hi-Lo, na qual a mulher e o homem se desprendem das regras impostas pela indústria da  moda e passa a ter personalidade, criando sua própria moda, com elementos que possuem personalidade, misturando o atual com o retro, o clássico com a modinha, o luxo com o fast fashion!

Todas estas características estão presentes numa “Desconstrução” que eu chamo de ARTE!

Espero que gostem e amarei saber a opinião de vocês:

quadro-kate-mossTela “Elas e o Hi-Lo”: Quadro com Chanel, Coco Chanel, Kate Moss e Carrie Bradshaw! 

quadro-carrie-bradshow Detalhes da tela…
quadro-chanel-17-10-16-12-51-12
Podemos criar quadros ou telas bacanas com colagens, frases, palavras, cores, fotografias e muito mais!

∅ Tamanho da Tela: 40 40 cm

♥ Valor Promocional de Lançamento: De R$ 700,00 por R$ 350,00! 

Δ Parcelamos no Cartão de Crédito! 

Contato:

∞ E-mail: renunes01@gmail.com. 

‡ WhatsApp: (11) 99421-7778.

bj bj

 

Rê Nunes

 

Minha arte na bolsa Chanel!

bolsa-chanel-pintada-capa

Olá gente!

Eu sou daquele tipo de pessoa que ama aprender de tudo um pouco e que não se contenta só com a teoria, que precisa colocar a mão na massa…!

E quando falo em mão na massa, não me refiro somente ao profissional não! Eu amo ser “auto-suficiente” em certas coisas, do tipo: cortar o próprio cabelo, cozinhar, preparar marmitinhas saudáveis para a semana, criar coisas para a decoração da minha casa, sei usar a máquina de costura de verdade, fotografo, trato foto… Juro, tudo que eu amo na teoria, eu já experimentei na prática ou estou me programando para aprender! Se amo moda, eu quero aprender a fazer moda… Se amo arte, eu preciso aprender a fazer arte… 

Neste sentido, dias atras eu estava conversando no grupo de amigas do whatsapp e elas comentaram sobre o trabalho de uma artista que pinta bolsas de luxo, relógios e até carro… Eu olhei o instagram dela e fiquei maluca! Sabe quando você pensa EU PRECISO DISSO! PRECISO TER MINHAS PEÇAS “AUTORAIS”!

Entrei em contato com a artista e ela foi mega atenciosa e eu estava disposta a encaminhar minha bolsa para que ela fizesse arte. Entretanto, na hora H, conversando com duas amigas que estudaram design de moda e arte comigo, fui questionada o porquê eu mesma não fazia a minha bolsa, já que amo arte e que queria ter algo realmente exclusivo!

Sabe que isso foi o gatilho! Em 1 dia eu resolvi, comprei as tintas, estudei alguns artistas que amo como Pollock, Kandinsky e Miró e resolvi colocar a mão na massa!

Pois bem, agora a minha primeira criação nesta arte que resolvi chamar de minha:

bolsa-chanel-customizadaEsta é minha Chanel, toda pintada por mim…! Eu usei cores que amo e resolvi fazer estas pinceladas mais agressivas… Arriscando o estilo Pollock (com todo o respeito!).  

E gente, antes que me questionem ou me chamem de doida, eu juro que estou num amor por esta bolsa que desde o dia que a fiz, não consegui mais parar de usar!

O look que usei com a bolsa para ir na exposição da Frida semana passada:

look-com-chanel-pintada

Como minhas roupas são sempre básicas, a bolsa ganhou um destaque que me encanta!

E vocês gostaram? Agora tenho a minha Chanel mais que especial, minha arte num item que amo!!!

Algumas amigas adoraram a idéia e eu já estou com 2 encomendas e pintando uma outra para mim! Mostrarei em breve os resultados.

bj bj bj e sugiro que antes de gastar dinheiro em itens novos, reinventem o que vocês já possuem! Isso é delicioso.

Rê Nunes