10 Dicas de Marrakech e Dicas do Marrocos

Olá gente!

Esta semana resolvi voltar a falar sobre um destino que está no meu Top 10 Destinos mais amados: Marrocos!

Marrakech, no Marrocos, é uma das cidades mais mágicas que já pude visitar e que me encantou pra valer, por isso, recomendo que você a conheça.

E, para mostrar um pouco de tudo que vivenciamos em Marrakech fiz um vídeo para o Youtube, com as melhores dicas vários momentos legais que tivemos por lá.

Agora, confira abaixo o vídeo clicando na imagem e peço, com muito carinho, que você me siga lá no Youtube para transformar meu espaço por lá num Canal!

E então, gostou das dicas?

Para mais posts sobre o Marrocos clique aqui! 

bj bj bj

Rê Nunes

Dicas de Marrakech: Jardin Majorelle

Olá!

Assim que chegamos em Marrakech fomos fazer um passeio de bike guiado com a equipe da Agencia Morocco Imperial Bike e Turismo (clique aqui para acessar o site), que foi incrível! Nós pudemos conhecer parte da Medina de bike e fomos até um dos lugares mais lindos da cidade, o Jardim Majorelle.

O Jardin Majorelle é um jardim botânico maravilhoso, cheio de cactos e plantas incríveis, decoração fantástica, que ainda conta com um Museu da Cultura Berbere.

O fundador do Jardim foi o pintor francês Jacques Majorelle que o fez em 1931. O Jardim Majorelle foi comprado por Yves Saint Laurent e Pierre Bergé em 1980, que o reformaram e abriram para visitação.

Agora um pouco dos nosso registros no Jardin Majorelle:


A decoração do Jardin Majorelle é maravilhosa! Seja pelo paisagismo, seja pelas fontes e azulejaria. 


Fonte Azul Majorelle

Fonte Majorelle: Azul Majorelle, é o azul cobalto muito intenso que ficou muito conhecido por ter sido a cor escolhida por Majorelle para pintar toda a vila que compõe o jardim, em 1937. 

Entre azuis e verdes intensos

Detalhe da Camiseta de Ciclismo linda que recebemos da Morocco Imperial assim que chegamos

Casa de Majorelle dentro do Jardim
Construção maravilhosa com arquitetura bem marroquinaEsta casa, mais antiga, foi desenhada por Paul Sinoir e a arquitetura foi inspirada em Le Corbusier. A casa de Majorelle foi instalada no primeiro andar e o térreo foi transformado num imenso atelier 
Detalhes marroquinos que encantamLojinha incrível, mas com objetos caríssimos dentro do Jardim
O museu que merece ser visitado, cheio de itens da cultura berbere, dispostos num ambiente surrealMais detalhes da casa mais antiga de MajorelleO azul intenso contrastando com o branco Nesta casa maravilhosa localiza-se um restaurante

Yves Saint Laurent e Pierre Bergé descobriram o Jardim Majorelle em 1966 e ficaram apaixonados. Em 1980 conseguiram comprar o jardim e impediram de transformarem-no em hotel.

Após a morte de Yves Saint Laurent, em 2008, suas cinzas foram dispersadas no roseiral da Villa Oásis, casa mostrada acima.


Galeria linda com obras de Yves Saint Laurent

Cactos, yuccas, lótus, jasmins, palmeiras, coqueiros…

O Jardim Majorelle é simplesmente incrível e realmente precisa ser visitado quando em Marrakech.

Endereço Jardim Majorelle: Rua Yves Saint Laurent, Marrakech, 40090, Marrocos.

Site: jardinmajorelle.com

Caso esteja organizando uma viagem para o Marrocos, faça contato com a Morocco Imperial, que é a melhor empresa de viagens brasileira no Marrocos, com receptivo e organização de todos os passeios! Clique aqui para acessar. 

Para mais dicas sobre Marrakech, clique aqui! 

bj bj bj e ótima semana

Rê Nunes

Onde ficar em Marrakech? Dentro ou Fora da Medina?

Vamos começar a falar em Marrakech?

A primeira dica sobre esta cidade incrível tem que ser sobre hospedagem.

Ao contrário do que eu imaginava, Marraquexe tem inúmeros hotéis incríveis e é até difícil escolher em qual se hospedar.

1. A primeira decisão a ser tomada: hospedar-se dentro ou fora da Medina?

“Medina é um aglomerado urbano organizado dentro de uma muralha”. Em Marrakech, assim como muitas cidades árabes, dentro da Medina está presente a cidade antiga, que mantém tradições incríveis e nos faz viajar no tempo quando a visitamos.

Dentro da Medida de Marrakech há um emaranhado de ruas, ruelas que a transforma em um incrível labirinto. No centro da Medina há uma praça principal bem famosa chamada Jemaa el-Fna.

Andar por dentro da Medina sem conhecer o local e sem um guia não é recomendado, pois nem mesmo os mapas são devidamente atualizados com tantas ruelas e ruas sem saída.

Dentro da Medina existe o tradicional comércio local chamado Suki, onde é possível encontrar-se tudo que você puder imaginar!!! Dentro da Medina também localizam-se restaurante incríveis.

A Medina retrata muito dos costumes locais de Marrakech e eu recomendo sim hospedar-se lá dentro.

Fora da Medina estão os grandes Resorts e Hotéis de grandes redes, que são iguais em qualquer lugar do mundo. Mas, afinal, já que você está planejando ir para um lugar tão maravilhoso quanto Marrakech, posso garantir que a melhor decisão é estar imerso nos costumes e hospedar-se dentro da Medina, podendo curtir aquela parte da cidade que é tão sensacional.

Em Marrakech hospede-se dentro da Medina! 

2. Como escolher o melhor Hotel ou Riad em Marrakech?

Como mencionei, em Marrakech a quantidade de Hotéis e Riads existentes é imensa! Os Riads são as casas tradicionais Marroquinas que foram transformadas em casas de hóspedes com quarto privativo e café-da-manhã.

Eu recomendo não arriscar e escolher um Hotel ou Riad através da dica de alguém que já tenha hospedado-se ou com a indicação de alguma agência.

O Hotel Riad que nos hospedamos é maravilhoso e eu recomendo muito. O hotel chama-se Les Jardins de la Medina (colocarei o site e mais informações no fim do post).

O valor do Les Jardins de la Medina é bem ok para um hotel padrão 5 estrelas, com tudo que ele tem para oferecer! O serviço é maravilhoso e impecável!

3. Dica de Hotel Riad em Marrakech: Les Jardins de la Medina

Le Jardins de la Medina é um hotel francês afiliado aos programas Châteaux & Hôtels Collection – Hôtels de Charme & Caractère

Assim que decidimos nos hospedar no Les Jardins, o hotel fez contato comigo e nos ofereceu o transfer desde o aeroporto por um valor super justo, o que foi excelente. Recomendo que independente de onde você for hospedar-se, já negocie o transfer desde o aeroporto até o seu hotel, pois é impossível conseguir um táxi sem ter feito a reserva

Quando chegamos no hotel nossos quartos ainda não estavam prontos e esperamos no restaurante. Um educadíssimo funcionário do hotel veio até nossa mesa e nos ofereceu 5 diferentes perfumes para decidirmos qual seria o aroma de nosso quarto, foi sensacional! 

Nós fomos convidados a ficar numa super suíte (yes, ganhamos upgrade!) e nosso quarto era sensacional! A decoração, o banheiro, amenities, limpeza… tudo impecável. Haviam até flores espalhadas para nos receber…

Roupões de qualidade, toalhas incríveis e produtos feitos com óleo de argan…

Kit para piscina com bolsa, toalha e chapéu…

Área externa do quarto 

Academia do Hotel. Reparem nos tapetes sob os equipamentos!

Lojinha do Les Jardins de la Medina com muito artesanato local

Cheers! Para quem gosta de beber um bom vinho ou outras bebidas alcoólicas, eu recomendo perguntar se no hotel que está cotando pode consumir bebida alcoólica. Em muitos lugares em Marrakech não se pode beber nada alcoólico. No Les Jardin de la Medina a bebida é liberada, inclusive durante o Ramadan (estávamos lá durante 2 dias do jejum ritual)

No fim do dia um artista toca música típica no jardim do hotel, é delicioso

Minha blusa marroquina, feita a mão por artesãos da montanha…

♥︎  Site Hotel Riad Les Jardins de la Medina: clique aqui.

Eu optei por fechar o hotel pelo site HOTEIS.COM que estava com o melhor preço. Clique aqui para acessar o link.

✔︎ Caso você queira outras opções de hotéis, ou mesmo o pacote completo no Marrocos, eu recomendo  consultar a Agência Morocco Imperial, para acessar o site clique aqui.

E então, gostou das dicas sobre hotel em Marrakech? Precisa de mais alguma informação? Qualquer dúvida, encaminhe-me um e-mail no renunes01@gmail.com que adorarei ajuda-lo (a).

bj bj bj

Rê Nunes

Vlog – Como arrumar a mala de viagem de 23 kg?

Olá gente, tudo bem?

Você tem dificuldade em arrumar a mala para viagens mais longas, com destinos variados e, ainda, respeitando o limite de peso?

Pois bem, esta não é uma tarefa fácil e de tanto já ter errado, como por exemplo: ter feito malas enormes e ter que carregar em viagens com muitos destinos (maior furada da vida!); levar roupas que não combinam entre si; roupas em desacordo com a temperatura; excesso de roupa (que implicam em carregar peso à toa)… enfim, foram  tantos erros que atrapalharam muito as viagens, que resolvi dar uma dicas valiosas!

O vídeo foi conduzido pela minha amiga querida, Raissa Starosta, Consultora de Imagem e está dividido em 3 partes!

Confiram o vídeo e, por favor, me sigam no youtube e se gostarem, curtam!!!

Já peço desculpas pois a filmagem está muito sem foco, erros de quem está começando…!

Qualquer sugestão de vídeo será muito bem vinda.

bj bj e ótima semana

Rê Nunes