O que fazer em Lima? Inka Market

O que fazer em Lima? Inka Market

Eu passei o último Carnaval em Lima, amei e recomendo a viagem!

Em tempos de dólar e euro altíssimos, é ótimo encontrar uma possibilidade diferente para viajar, recheada de excelente comida e muito rica culturalmente.

Lima é uma cidade cheia de coisas para fazer, onde localizam-se os melhores restaurantes da América do Sul, com destaque ao bairro de Miraflores, que é um caso à parte!

Assim como as grandes cidades brasileiras, Lima possui bairros extremamente chiques e requintados e outros extremamente simples e pobres. A colonização do Perú foi bem diferente da nossa e a cultura é interessantíssima!

Eu já falei sobre algumas coisas que tem que fazer em Lima em alguns outros posts, clique aqui para conferir.   Caso você precise de alguma informação mais específica, envie-me um e-mail no renunes01@gmail.com ou espere que em breve postarei mais sobre a cidade, visto que estou organizando as fotos e infos da viagem!

Eu e o Tatá adoramos conhecer de tudo, do luxo ao popular e, por isso fomos conhecer uma região de compras, que reúne mercados e tendas com artesanatos e objetos populares. Foi muito interessante conhecer o tal Petit Thouars, principalmente o Inka Market.

Sobre o acesso ao local, é bem tranquilo. Do hotel que estávamos hospedados (Hilton Miraflores) fomos caminhando até o Inka Market com tranquilidade.

Próximo ao Inka Market tem várias lojinhas e barraquinhas com artesanatos e coisas da região. Eu amo trazer umas lembrancinhas típicas e aproveitamos para comprar vasos, que amei, mantas, blusas de lã de alpaca e bugigangas coloridas e lindas!

O Inka Market:

inka market compras limaO mercado popular Inka é super tranquilo. Estava bem calmo e fácil de transitar. 

look osklen Vestido Osklen, Tênis Aldo (Londres), Bolsa Caterpillar (ótima para carregar câmera!)
o que fazer no peru limaAmo estas características tribalistas…dicas viagem limaA dica valiosa de sempre é: Negocie! Eles são super abertos à negociação e vale a pena pedir desconto em tudo! Ah, peça uns brindes também…! 
cores de lima peruEu sou apaixonada por estas cores! Comprei uma manta mais colorida para minha mãe e uma cinza mais discreta para nossa casa. A cinza é sensacional. Ah, minha mãe usa a dela de toalha de mesa, fica muito interessante.

cores do peruLenços…
dica de viagem peru limaEu comprei 2 blusas que amo, uma toda de lhamas, bem tradicional e outra no preto e branco com formas geométricas. Amo combiná-las com saia de couro ou alguma peça que faça contraste.
peru lima dicas viagemHaviam crianças com traços peruanos bem fortes, amei fotografá-los!o que fazer em limaCrianças sempre expressivas…
dica de viagem limaMuito fofo…!

Fotos minhas e do Tatá Lazzuri.

Gostaram? Como disse, vale visitar!

Endereço Inka Market: Av. Petit Thouars 5321.
Miraflores, Peru.

bj bj e ótima semana.

Rê Nunes

Compartilhe:
Facebook Twitter Tumblr Linkedin Plusone Email

Central Restaurante, Lima, por Virgilio Martínez

Central Restaurante, Lima, por Virgilio Martínez

Um roteiro imperdível, que dá para fazer num feriado mesmo, com tranquilidade é Lima, no Peru!

A capital Peruana me surpreendeu em todos os aspectos, principalmente pelos restaurantes, que estão entre os melhores do mundo!

Entre tantos restaurantes renomados presentes em Lima, o que merece maior destaque é o Central, de Virgilio Martínez. Desde que comecei a pesquisar sobre Lima, recebi inúmeras recomendações sobre o Central, considerado um dos melhores restaurantes do mundo (já ouvi dizer até que é o 8º), e o melhor restaurante da América Latina.

Por que o Central é tão especial? Os entendidos no assunto dizem que o compromisso de Virgilio Martinez, que realmente toca o restaurante e coloca a mão na massa,  e estabeleceu um compromisso singular de redescobrir ingredientes, que vão desde o litoral até a Amazônia, tendo os Andes como eixo., faz toda a diferença! Virgilio traz esta questão de origem dos ingredientes na construção do seu menu, de forma interessantíssima. Ele qualifica os pratos de acordo com a altitude que estão situados os principais ingredientes.

A refeição escolhida para conhecermos o Central foi o Almoço. Para conseguir uma reserva no restaurante não é nada fácil e quando fechei a viagem, já não havia mais data disponível!

Bem, é óbvio que não desistimos e resolvemos aparecer no restaurante e pedir por uma reserva! Apresentei o blog e disse o quanto conhecer o Central seria importante, afinal, eu e o Tatá somos amantes de boa comida e lugares especiais. Bingo!, tudo certo, eles conseguiram nos “encaixar” no almoço do dia seguinte!

O restaurante Central é super clean e com a cozinha de vidro, naquele esquema que assistimos os “artistas criando”, inclusive o brilhante Virgilio Martinez.

Quando o menu chegou não tivemos dúvidas e optamos pelo degustação. São duas opções de degustação e escolhemos o Corto, que eu recomendo. Para harmonizar, também optei pelo menu degustação de bebidas, outro que super recomendo! Harmonizar sabores é coisa de quem entende e eu amo ser surpreendida. As bebidas tratam-se de vinhos, cervejas especiais e Pisco!

Agora um pouco do que rolou através de nossas fotos. O restaurante visto de cima! Poucas mesas, clean, calmo e silencioso:

restaurante lima dica

virgilio martinez chef

virgilio central

Quanto ao menu, eu não tenho fotos de todos os pratos, mas dá para ter noção do quanto foi especial! Com as fotos que mostrarei.

O menu inicia-se com o Expedición Palta. Trata-se de uma casquinha deliciosa, feita com alga de águas profundas, misturada com sabores de frutos do mar sensacionais! Diferente de tudo que já experimentei:

central peru cultivo frio
Reparem nas louças servidas, que especiais:

dica de viagem lima

Huerta de Mala, trata-se de um “leite de cactus” servido com pétalas de flor. É especial e diferente, servido frio e com um sabor um pouco “verde”:

dica do melhor restaurante de lima

Abaixo a Panadería Central! Eu sou totalmente alucinada por pão! Mesmo procurando ter uma vida bem saudável eu assumo que troco muita coisa sofisticada por um simples pãozinho e estes merecem tratamento especial! 3 tipos de pães sensacionais, com destaque ao último que é chamado de pão de folha de coca! Deliciosos e servidos com uma manteiga típica deles, de encher a boca de água:

virgilio central restaurante lima
O bem especial pão de coca:

pão de folha de coca lima restaurante central
Cultivo Frío: O cultivo frio é o prato que achei mais lindo! São frutos do mar, uma espécie de abacate especial e vieiras. O sabor do molho é inexplicável:

dica de restauante em lima peru

Este é o Valle Entre Andes: trata-se de uma maneira diferente de se preparar um abacate! Eu assumo que foi o prato que menos gostei, o que não significa que não seja incrível!

restaurante central lima peru
O Pulpo em el Desierto é outro prato sensacional! O polvo tem uma textura inexplicavelmente incrível:

qual o melhor restaurante de lima
Costilla de Res: esta costela é algo totalmente exótico! A maciez da carne é singular. O branquinho é um crocante que faz lembrar polvinho e casou super bem com a maciez da carne! O “raladinho” é coração! Gente, eles trazem o coração na mesa e ralam na nossa frente, isso é bem diferente! O ovinho parece de codorna, é delicioso:

central virgilio martinez

Encerrados os pratos, vieram as sobremesas (a parte favorita!)! Pode parecer exagero, mas o Entorno de la Hoja de Coca, feito com café, chirimoya e munã é uma das coisas mais gostosas que já comi!  A textura é de sorvete sem gordura, com um leve azedinho, misturado com fruta do conde, sobre uma casquinha que parece chocolate com café! É muito especial:

central restaurante peru entorno de la hoja de coca

Cortezas y Resinas – Selva, é um “pós-sobremesa” de comer ajoelhado! Chocolate, uma bolinha que parece feita de licor com chocolate e uma gelatininha super diferente são servidas com uma infusão sensacional! Muitos sabores parecidos com chocolate que me fizeram apaixonar:

lista dos melhores restaurantes do mundo

Finalizado as comidinhas, outro ambiente bem legal do Central é o escritório, com condimentos, temperos espalhados por todos os lados:

dica de viagem américa latina
A decoração peruana, linda:

dica de viagem peru lima
O look que usei:

restaurante lima central look

Nosso hotel era bem próximo ao restaurante, coisa de 5 minutos caminhando:

virgilio martinez restaurante central lima(Tatá disse que eu parecia soldadinho de chumbo andando…!)look melhor restaurante america latina

(…e claro que eu caí na risada…)

look lima peru

Vestido Animale
Sapatilha Arezzo
Bolsa Chanel
Óculos Ray Ban

E então, gostaram do post? Lima é uma cidade que tem que ser visitada! Principalmente para quem gosta de comer bem, como nós!

Endereço do Central Restaurante:
Santa Isabel, 376. Miraflores. Lima (Perú).
Tel. +51 1 242 8515
site: centralrestaurante.com.pe

Compartilhe:
Facebook Twitter Tumblr Linkedin Plusone Email

Pachacamac: dica de viagem ao Peru

Pachacamac: dica de viagem ao Peru

Vocês já chegaram num lugar e ficaram encantados com as cores?

Pois bem, uma das minhas experiências durante a viagem ao Perú foi com as cores que encontrei por lá! Em cada pôr-do-sol, cada prato de comida e cada estampa das roupas, as cores do Perú apresentaram-se como únicas!

Bem, no Santuário Pachacamac não foi diferente! Um lugar que estava ansiosa para conhecer em razão dos fatos históricos que aconteceram por lá, mas que acabou realmente me encantando pelas cores, texturas e possibilidades de fotografar.

Assim, neste post sobre Pachacamac falarei um pouco sobre a história deste lugar incrível que nos ensinou muito sobre os povos que habitaram o Peru, desde os Limas até os Incas, mas peço para que reparem nas fotografias, pois a paisagem é bem diferente do que estamos acostumados.

O Santuário de Pachacamac é um passeio que tem que fazer ao visitar Lima! O Santuário fica a mais ou menos 40 minutos da capital do Perú (não é longe, mas o trânsito de Lima é caótico, no mesmo esquema de São Paulo!), entre os vales de Lurín e Rimac.

O Santuário de Pachacamac é uma área enorme, que parece um deserto e está sendo escavada há anos. Este Santuário foi frequentado por várias culturas diferentes, como os Limas, Guaris, Ychmas e Incas, desde os anos 200 d.C. até 1533.

Este Santuário, cheio de pirâmides e com uma construção Inca, era considerado como a “igreja” mais importante da costa do Perú. Neste enorme local (disseram ter cerca de 465 hectares) havia um grande centro onde os peregrinos de todas as regiões levavam suas oferendas e consultavam-se com o Oráculo para saber sobre seu futuro.

Contaram-nos que os peregrinos chegavam ao Santuário, faziam uma espécie de jejum, tomavam um chá meio que alucinógeno e íam se consultar com Pachacamac. Eles podiam fazer 1 pergunta ao Oráculo,  mas não podiam olha-lo e a pergunta era feita de costas.

Ainda, nos disseram que o significado de Pachacamac é vida na terra.

A energia do local é muito louca e só estando lá para entender! Agora um pouco de tudo isso:

pachacamac lima dicasChegamos no Santuário e a sensação foi de chegar ao deserto! Lima já é seco por natureza, nunca chove, mas a sensação no Santuário é realmente desértica.

fotografa blogA cor da areia e pedras, combinada com o sol é incrível! Uma cartela de cor limitadíssima, mas cheia de textura. Meus olhos ficaram recheados de informações incríveis.incas em limaEsta é uma das construções mais “novas” no Santuário. Trata-se de uma obra Inca, chamada Mamacona. Neste local algumas mulheres eram separadas da sociedade Inca, para casarem-se com os governantes ou serem oferecidas nos cultos.

blog de fotografia e dicas de viagemContinuamos a caminhada sentido ao Templo Del Sol.
blog de fotografia e viagemO Templo Del Sol parece também ser uma construção Inca. Trata-se de uma pirâmide com espaços onde aconteciam os rituais e encontrava-se o Deus Pachacamac.

dica de fotografia blogA grandiosidade de tudo isso é bem impressionante!

dica de viagem peruPelas lentes dos óculos…

lima dicas blogAs pessoas do Perú.guia de lima peru Um dos outros templos…pachacamac dica peruQue delícia ouvir e ouvir as histórias deste local…

pirâmides em lima peruA crença por deuses me encanta…

blog fotografia limaO Perú já sofreu muito com os abalos sismicos e ainda estão escavando a região.

dica de viagem limaTijolos encaixados são característicos dos Incas.deserto do peruO relevo ao fundo e as cidades ao entorno. dica de viagem peru limaCaminhos que foram feitos por peregrinos.
dicas de lima peruSubimos muito, mas a vista compensa tudo!
incas em lima peruAdoro as misturas na paisagem.

pachacamac dicas lima…e sobe e sobe e sobe…

dica de viagem blog peru e limaAdoro a cor da areia e das pedras.
minimalismo blogO guardião…fotografa em lima peruPeruanos…

o que fazer no peruUma ponte no meio do caminho…
dica de viagem blogOs olhos não se cansam da paisagem tão diferente…

o que fazer em lima Ao fundo o Pacífico e a famosa Cusqueña!praia em limaAs praias que visitamos são lindas…

otavio lazzuriEu e o Tatá, super parceiro, fotógrafo e companheiro para tudo.

Look: Vestido Osklen | Cinto Hermès | Óculos comprado em Barcelona | colares Antonio Bernardo | Tênis Aldo Londres

Valor da entrada no Santuário Pachacamac: S/ 10,00 (10 Soles que são quase equivalentes a R$10)

Como chegar no Santuário Pachacamac: nós fomos com o motorista da agência de turismo, acho mais confiável, mas é possível ir com taxi também! Para mais infos me encaminhe um e-mail!

Dicas preciosas para visitar o Santário Pachacamac:

– Tênis e roupa fresca, boné, etc…;
– Leve garrafa de água, pois não há nada para se comprar;
– Peça um guia local. Pagamos S/ 20,00 (R$ 20 mais ou menos) e tivemos uma super aula sobre as culturas peruanas, foi incrível!;
– Leve uma frutinha ou algo para um lanchinho, ficamos no Santuário por quase 3 horas.

Gostaram? Lima além de ser a Capital Gastronômica da América do Sul, ainda tem muita cultura para nos oferecer! Eu recomendo esta viagem.

Qualquer dúvida ou dica, me encaminhe um e-mail no renunes01@gmail.com.

bj bj

Rê Nunes

Compartilhe:
Facebook Twitter Tumblr Linkedin Plusone Email

Meu destino no Carnaval 2015: Lima, Perú!

Meu destino no Carnaval 2015: Lima, Perú!

dica de lima blogOlá gente!

E o meu “carnaval gastronômico” chegou ao fim e já deixou saudades… ô dias gostosos em Lima, no Peru!

Bem, começarei este primeiro post sobre Lima explicando um pouco como fui parar lá!

Conforme já comentei, eu amo dar uma escapada no carnaval, entretanto, desta vez, eu tive que trabalhar hoje, quarta-feira de cinzas, e por isso não pude curtir a semana fora. Para conseguir fazer uma viagem legal, consegui me organizar para ficar fora de sexta à terça, mas o tempo era exíguo e viajar para muito distante não ira rolar!

Definidos os dias de viagem, comecei a procurar o destino. Explico que um dos objetivos da minha vida é conhecer no mínimo 60 países (ultrapassar 1/3 do mundo) e queria chegar ao 20º neste carnaval. Com este foco comecei a pesquisar os países mais próximos que ainda não havia visitado. Pois bem, após horas e horas de pesquisa, combinada com uma boa conversa com uma amiga que conhece praticamente o mundo todo, não tive a menor dúvida, era hora de partir para o Peru!

Obviamente, o primeiro lugar desejo foi Cusco e Machu Picchu, que logo foram descartados, afinal, tinha apenas 5 dias (pouco tempo) e a temperatura nesta época do ano por lá não é das mais seguras.

Em decorrência de tudo isso comecei a estudar sobre Lima e fui me encantando pela história da capital do Peru. Eu nem imaginava a riqueza cultural, arquitetônica e claro, gastronômica que iria encontrar por lá!

Cidade decidida, não tive a menor dúvida, queria me hospedar em Miraflores, um bairro mágico e praiano em Lima e acertei em cheio, foi perfeito. Quanto ao hotel, resolvi hão arriscar e escolhi um Hilton, que nunca tem erro.

Infelizmente, nem toda a cidade de Lima é tão mágica e maravilhosa como mostrarei aqui no blog. Para hospedar e curtir tem que hospedar em Miraflores, que é segura, de fácil acesso a todos os lugares maravilhosos e tem de tudo.

Agora, um pouco de Lima, de look e de informações:

limaperuoquefazerAmo bandeiras e brasões!

1. Como chegar em Lima? Viajamos de TAM, num voo direto super tranquilo. O voo dura cerca de 4:30. O look sempre confortável:

Processed with VSCOcam with e7 presetjeans Diesel | camiseta masculina cortada comprada no MOMA – NY | boot Carmim | Óculos comprado em lojinha em Barcelona | Acessórios Antonio Bernardo.

o que fazer em lima dicas de viagem

2. Do aeroporto até Miraflores: O trânsito em Lima é estilo São Paulo, mas com um agravante: muitas buzinas! Eles buzinam por tudo, mega barulhenta! Do aeroporto até Miraflores demoramos cerca de 30 minutos e eu aconselho já fechar o transfer daqui do Brasil. A agência já fechou o pacote completo.

3. Primeira refeição na cidade: Larcomar! Eu recomendo chegar à Lima e já partir para o Larcomar. Eu não sou uma fã de shopping, muito menos durante as viagens, mas este é muito especial! O Larcomar é um shopping aberto, com algumas lojas, muitos restaurantes e até um mercado bem legal, para abastecer o quarto do hotel com frutas, água e muito mais! Reparem no visual do Larcomar:

dica de viagem Lima PeruImagina como ficamos impressionados com este visual!

o que fazer em limaSobre o primeiro restaurante na cidade falarei no próximo post! dicas de viagem blog limaLook: vestido Osklen | Bolsa Chanel | Tênis Aldo Londres
o que fazer no peru limaMiraflores tem este visual, é incrível!dica o que fazer em limaRealmente único…
peru lima dicasOs restaurantes tem esta vista para o mar…
o que fazer no peruA Costa Verde, nome desta região de praias, é sensacional!
o que fazer em lima dicasRestaurantes e barezinhos por todos os lados…dicas de viagem lima peruPraia de surfistas, de todas as gerações! peru dicas blogBeirando a praia, clubes com piscinas bem bacanas.
dica de viagem américa do sul blogMiraflores é muito bem cuidado…

frases para paredeDetalhes que encantam… Quero uma parede assim!

dica de viagem peruFotos de pessoas! Eu amo fotos de pessoas e aproveitei estas férias para executar este tipo de registro! Ainda tenho um pouco de vergonha de mirar e até interagir com as pessoas, mas já consegui uns registros bem diferentes!

Lima é linda e tem que ir!

Agora mais umas informações importantes:

4. TAXI, negocie sempre: os taxistas não possuem nem taxímetro, nem GPS, por isso negocie o valor da corrida antes de entrar no Taxi, evitando qualquer surpresa desagradável!

5. Que dinheiro levar à Lima: o dinheiro oficial de Lima é o Nuevo Sol, também chamado de Soles, entretanto todos os estabelecimentos aceitam dólares. Nós levamos dólares, trocamos algum no aeroporto mesmo e usamos a grande maioria em dólar. Atualmente o Nuevo Sol é quase 1 para 1 comparado ao Real.

6. Temperatura: em Lima nunca chove! Ouvimos isso o tempo todo por lá! Existem escadas rolantes a céu aberto, não tem guia para correr a água e até os telhados são diferentes. A cidade é realmente seca e nesta época a temperatura é muito agradável! Estava calor, mas a noite usei blusa leve todos os dias.

7. Dica de Hospedagem em Lima: me hospedei e recomendo muito o Hilton Miraflores. Em regra eu procuro hospedar-me em hotéis boutiques ou hotéis diferentes, que fogem do padrão, entretanto em Lima não quis arriscar e foi ótimo, o Hilton é bem localizado e o roof top com uma piscina incrível vale bem à pena!

E então, gostaram do primeiro post sobre Lima? Mais dicas em breve!

bj bj e se gostou, compartilhe!

Rê Nunes

Compartilhe:
Facebook Twitter Tumblr Linkedin Plusone Email