#09 Dia Internacional de Ser Gente por Camilo Coutinho

camilo coutinho

Olá queridas leitoras do My Best Wish,

Quantas flores, chocolates ou mimos vocês ganharam no último dia 8 de março? Não calma, “peraê”. Esse não é mais um daqueles textos boring falando que “o dia internacional da mulher devia acabar”, “que essa é uma data comercial” ou “que é babaca ter um dia da mulher”. Não! Eu vim dizer o quanto é importante celebrarmos.

A música já diz que o mundo anda tão complicado e ninguém reparou, e concordo. Andamos em uma correria insana de fazer tudo, ser especialista de tudo, que esquecemos que as maiores gargalhadas – aquelas de doer a barriga mesmo – vieram quando simplesmente caímos sem querer ou fizemos uma burrada tão grande que gargalhamos de nós mesmos.

E como isso é bom! Rir de nós mesmos é quase uma exaltação a nossa inteligência, aonde nos próprios nos permitimos dizer que: Hey, eu sou humano eu também erro e reconheço meu erro – mas foi tãoooo engraçado.

“Mas Camilinho do meu coração, qual a conexão com o dia internacional das mulheres?” Eu explico. Na minha cabeça louca e maluca, faz todo o sentido, que possamos viver apenas para nos alegrar, buscando a nossa felicidade. E como isso é difícil, não é meninas? Principalmente para vocês que precisam seguir, rótulos e mais rótulos, padrões de beleza e no final padrões do próprio espelho.

Não se cobre tanto a ponto de não notar o que acontece de bom ao seu redor (e se o príncipe estiver no banco ao lado?). Isso a gente só consegue quando se desprende de rótulos – do celular também – , e não precisa andar na linha, mas pode florear e flutuar no caminho que queremos ir.

O dia internacional da mulher foi se tornando uma data comercial, assim como tudo em nossa sociedade. Hoje se vende conselhos e se compra namoradas virtuais. Atravessamos a cidade para ir ver o novo carro que desejamos, mas estamos ocupados para subir as escadas novamente e encontrar um(a) amigo(a) que estava subindo enquanto você estava descendo.

É difícil sim, mas mostre a mulher maravilhosa que você é e entenda, que celebrar essa data é uma ocasião ótima para que você se sinta renovada. Não deixe se contaminar pelo “isso é bobagem” ou “que coisa idiota, meu dia é todo dia”. É lógico que pensamos em vocês todos os dias, mas um dia especial é sempre especial.

É preciso celebrar a importância de ter todos os dias alguém para trocar boas energias. Aquele abraço gostoso que nos entrelaça e conforta (mesmo do PA…rs).

É preciso celebrar nossa inteligência de entender e se colocar no lugar do próximo. Com certeza em todas as vezes que você fizer esse exercício, sua vida e suas decisões serão mais vencedoras – por mais louco que possa parecer na hora.

É preciso celebrar o quanto você é importante para mim, para ele, para nós, para elas, para todo mundo que seja em um dia especial ou ouvindo uma música no rádio, tem um pensamento positivo em você. Dica: devolva esse pensamento positivo com outro. 😉

Já passou da hora de celebrarmos todas as coisas boas da vida, de viver ser frescura e com respeito a escolha do próximo. Somos diretamente responsáveis por transformar qualquer coisa em algo fora de série. E para isso precisamos largar mão de julgamentos, preconceitos e dogmas, para entender que o dia internacional da mulher – ou seja lá qualquer outro dia – não é nada mais do que um ótimo momento para comemorar, o dia internacional de ser gente!

<3

Camilo Coutinho

camilocoutinho.com.br

imagens: reprodução

Mais posts sobre este assunto:

12 comments

  1. Adorei o texto Camilo. Estou num momento que minha vida amorosa está calma (TG!), mas ler mensagem positiva é tudo de bom. Conheci o instagram da Re assim e vim cair no blog. Vocês são ótimos.
    Abraços

  2. Camilo eu ODEIO quando alguem fala que datas comemorativas são comercias. Isso é conversa de quem não quer fazer o outro feliz. Apoiado no texto. Já enviei para alguns amigos.

    1. Simmmm!!! Exatamente é tal da inveja, aonde eu comemoro o meu dia, mas acho babaca o dia do outro. Para quê né?

      Não é melhor sermos felizes todos os dias e humildes o suficientes para admirar o próximo?

      bjs, 😉

  3. Oi Camilo! Sou eu, a Re Nunes! Eu não sou muito de comentar seus textos, pois acho estranho eu ficar aqui falando, o que por e-mail e mensagens eu sempre te falo: Vc escreve incrivelmente bem! Você diz o que muitas de nós (estou totalmente incluída) gostamos e precisamos ouvir!
    Este texto, em especial, foi feito exatamente como eu penso! Camilo eu acho que temos que nos preocupar mais em encontrar o nosso caminho da felicidade e nos preocupar muito menos se a grama do cara do lado é mais verde…! Arrasou! Muito feliz em tê-lo aqui!

    bj bj bj

    Rê Nunes

    1. Quando a dona da “lujínia” comenta é que a chapa esquentou. QUe bom que é para melhor, sempre!

      Rê, não preciso rasgar seda aqui para agradecer você pela oportunidade e principalmente por acreditar que eu poderia trazer uma coluna de qualidade para a “sua casa”.

      Muito feliz em fazer parte da família MBW,

      beijos e gratidão eterna! <3

  4. “precisamos largar mão de julgamentos, preconceitos e dogmas, para entender que o dia internacional da mulher – ou seja lá qualquer outro dia – não é nada mais do que um ótimo momento para comemorar, o dia internacional de ser gente!”

    Essa sua frase resume bem oque eu penso da vida, enquanto a gente se prender a dogmas e preconceitos estaremos perdendo excelentes oportunidades de sermos felizes e fazermos outras pessoas felizes tbm!

    bjao e boa semana

  5. Camilo não consegui entrar no blog ontem por causa da chuva, meu lap queimou. Camilo já te considero um amigo, sabia? A Re sabe que sou fã do blog e como trabalho muito to deixando pra entrar no blog nos domingos para ver o que aconteceu na semana toda e te prestigiar.
    você muda meu humor pra melhor. D++++++.

    brigadinha por dividir seus pensamentos e beijinhos pra Re e pra você.

    1. Oi Paty,
      tudo bem? Que demais seu comentário… BFF então?..rs

      Fiquei muito, mas muito feliz mesmo. Sabe que eu também fico entrando na segunda para ver os cometários, o que acharam e principalmente se estou falando a língua de vocês.

      Muito obrigado pelo prestígio e carinho,
      um super beijo e ótima semana. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *